segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Surf - Nordeste Surf Expo 2012

Texto: Luana Santana
Foto - fotochagas.com
No terceiro dia da Nordeste Surf Expo 2012, as palestras foram o ponto alto da programação para quem foi conferir o evento. Foram seis palestras com temas variados voltadas para o segmento de surf. Assuntos da história do início do surf no Brasil à temas voltados para o mercado foram abordados na tarde deste sábado, no Hotel Praia Centro.
primeira palestra foi do Pernambucano Adriano Silveira,fotógrafo, Bodyboarder profissional, Idealizador e organizador do Festival Noronha Ambiental com o tema: Noronha Ambiental e a inclusão sócia ambiental através do esporte.
Depois foi a vez de  Armando Diniz - Supervisor Mormaii Norte e Nordeste com o tema: Mercado Surf Wear - Abordagem do início do mercado surf no Brasil até os dias de hoje.

O turismólogo e palestrante Mozart Araújo falou da importância da realização de eventos como esse. "Iniciativas como essas são fundamentais para o pessoal do surf começar a se organizar’. A palestra discorreu sobre o conceito sustentabilidade no surf e o processo de criação do Fórum Brasileiro de Surf e Sustentabilidade na Rio+20.

O Catarinense bicampeão mundial de surf profissional , Teco Paradatz, abordou o tema "Surfando no Sucesso - desenvolvendo estrátegias vencedoras" e deu dicas para os surfistas iniciantes sobre como serem vencedores na área, além de contar a sua trajetória no surf.
3º dia repete sucesso 


Quem foi a feira Nordeste Surf Expo 2012 neste sábado pode conferir a animação dos dias anteriores com um publico expressivo e muitos lojistas visitando e fazendo negócios com expositores de todo o Brasil. O agito da festa ficou por conta de banda de reggae, Skate session e do concurso de tatuagens que vem acontecendo desde do primeiro dia. Amanhã, o concurso irá eleger a melhor tatuagem dessa edição. 

O pessoal também pode conferir a moda surf wear que será lançanda ainda este ano. Então já sabe: se ainda não foi confererir a feira, hoje é a sua última chance.  
 A expectativa de público para os quarto dias de feira é de cinco mil pessoas. A feira de surf pretende movimentar 1,2 milhões de negócios no Ceará.

texto: Luana Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário