segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ventos e Velas - Órion vence Regata 24 horas de Brasília

por MariPeccicacco - Coluna Murillo Novaes 
O campeão velejando no Lago Paranoá
Uma forte disputa entre três barcos da RGS/DF marcou a Regata 24 horas Santos Dumont, realizada nos dias 18 e 19, no Lago Paranoá, em Brasília. O veleiro Órion (Vulcano Energy Drink), que teve em sua tripulação jovens velejadores do Projeto Grael, foi o campeão da prova. No total 26 barcos iniciaram a competição, mas apenas 18 completaram a prova.

O comandante do Órion, Maurício Albuquerque conta que a regata foi bastante disputada. “Competimos diretamente com pelo menos dois barcos o Pakato (Cota Mil Iate Clube), modelo AR 28-30, e Obatalá (AABB), modelo Neo 25, muito bem preparados para regatas e com boas tripulações”, diz. Ele destaca que a equipe teve um bom ritmo durante toda a regata, mas durante a tarde e a noite precisaram superar algumas dificuldades.
“À tarde, tivemos problemas com a vela balão que, sendo de tecido bem fino danificou-se mais de uma vez”, conta Maurício. À noite, porém, o problema foi a falta de ventos. “Com o cair da noite, os ventos diminuíram e os desempenhos se alteraram. Por sermos mais pesados, velejamos mais devagar com ventos fracos e a nossa diferença com relação aos principais concorrentes mudou”.
Com isso, o Pakato aumentou bastante a vantagem, chegando a estar quase uma hora na frente, e o Obatalá também se aproximou. O vento só voltou no meio da madrugada. “Lá pelas 3 horas o ventou voltou a soprar com força – cerca de 15 nós – e aceleramos bastante. Reduzimos a vantagem do Pakato pela metade (30min) e voltamos a nos distanciar do Obatalá“, conta Mario.
No início da manhã, navegando em um triângulo, o vento mudou de direção e, ao subir o balão em uma das pernas, o veleiro Órion acelerou mais do que os outros. “Concentrados, mantivemos o controle até o final da perna, quando então foi necessário retirar o balão e regular as velas para rumar na direção da boia que estava na frente do Clube da Aeronáutica. Recalculei as projeções e também pelas observações visuais constatamos que conseguimos aumentar a nossa margem de segurança com relação ao resultado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário