terça-feira, 4 de setembro de 2012

Surf - 3ª etapa do Pena Surf Nordeste 2012

por Comunicando surf
Ídolo paraibano Elivelton Santos esbanja radicalidade para vencer a Open e fazer a festa local.
Elivelton Santos festeja o título open e Denner Carvalho o junior na terceira parada do Circuito Nordestino de Surf Amador 2012, o Pena Surf Nordeste, que aconteceu no Mar do Macaco, em Cabedelo, município vizinho a capital paraibana, João Pessoa, entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro.

Neste domingo, o mar reagiu em relação aos dois primeiros dias da prova e prestigiou os atletas com ondas abrindo para os dois lados que proporcionaram excelente rendimento a visitantes e ídolos locais.
Os iniciantes foram os primeiros a caírem no mar. O representante Pena, Rafael Venuto, campeão do circuito em 2011, não decepcionou e repetiu a atuação das baterias anteriores quando avançou sempre em primeiro. No início do confronto somou ondas fracas, mas, manteve a calma e achou uma boa esquerda onde aplicou quatro fortes batidas de backside que lhe renderam 8 pontos e a terceira vitória consecutiva no Pena Surf Nordeste 2012.
O potiguar Emanoel Tobias que na semi fez a melhor apresentação, não foi páreo para Venuto e ficou com a segunda colocação. Tarcísio Willian foi o terceiro e o paraibano Jonas Marretinha, que trouxe uma grande torcida para a Praia, o quarto.
Vencer mais uma foi demais! Eu treino forte todos os dias e para mim é muito importante trazer resultados para a Pena, meu patrocinador que me dá todo o suporte necessário. Agradeço a Deus e a todos que torcem por mim”, disse Venuto.
Mais uma representante do time de amadores da Pena que fez a festa na Paraíba foi Juliana Sousa, 12. Juju se encaixou muito bem as valinhas do Macaco e acertou manobras no crítico da onda para superar Taís Moraes (2°) e sua companheira de equipe Larissa dos Santos (3°). Para chegar a final as três atletas que são locais da Praia do Titanzinho em Fortaleza, pico famoso por revelar grandes nomes do surf no Ceará, despacharam competidoras como Gilvanita Ferreira (RN) e a anfitriã Edjane Oliveira.  
Elivelton Santos esbanjou estilo e radicalidade para bater todos os recordes em casa e subir ao lugar mais alto do pódio open no Mar do Macaco. O índio voador apresentou performances diferenciadas desde o primeiro dia da prova e não deixou dúvidas quanto a seu alto nível de surf. Conquistou as notas mais altas do evento e na grande final não economizou nos voos para vencer os adversários sem dificuldades. Ele que já havia anotado 8.70 após mandar duas manobras fortes e um aéreo na base, na última chance obteve um 10 unânime quando mandou dois aéreos reverse bizarros finalizados com precisão.  Seu conterrâneo José Francisco também não deixou a desejar na apresentação e cravou 14.70 pontos para sagra-se vice-campeão. Marinho Lima e Emanoel de Sousa, grandes nomes do surf potiguar, não resistiram ao ataque paraibano e ficaram com a terceira e quarta colocações, respectivamente.
Gostaria em primeiro lugar de agradecer a Deus por essa conquista. Tenho me esforçado muito e esses resultados mostram que vale a pena enfrentar os desafios e seguir em frente”, declarou Elivelton. “Agradeço aos meus patrocinadores, amigos e família que estão sempre ao me lado me incentivando”, finalizou.
Na categoria junior a dupla Denner Carvalho (PB) e José Francisco (PB) não deu chances ao cearense Rafael Venuto (3°) e ao potiguar Lucas Pires (4°). Denner e Fininho já começaram o embate com notas altas e seguiram pegando boas ondas e trocando notas em busca do título. Melhor para Denner que por uma diferença apertada superou o conterrâneo e comemorou muito a primeira vitória no Tour. José Francisco que venceu todas as baterias nas fases anteriores também foi muito aplaudido pela grande torcida que vibrou com a dobradinha paraibana em Intermares.
E o local da belíssima Baía Formosa, onde quebram direitas perfeitas, Israel Júnior foi o grande vencedor entre os mirins. Israel não se intimidou diante de Elivelton Santos, que dispensa comentários, e correu atrás do resultado com determinação. Registrou 12.50 contra 12 pontos de Elivelton que não teve mais tempo para virar o jogo. O pernambucano Douglas José subiu ao pódio no terceiro lugar e o pequeno Rafael Tigrão, 13, que tentou a virada até os minutos finais, em quarto.
O paraibano de Baía da Traição Saulo Carvalho, também do Time Pena, foi o grande destaque na sênior e na máster.  Na sênior obteve o melhor rendimento em todos os confrontos e na final com um belo aéreo confirmou o favoritismo para levantar o troféu de campeão. O líder do circuito Emanoel de Sousa, campeão invicto no ano passado, ficou com o segundo lugar e Paulo Germano (PB) com o terceiro. Na máster Saulo bateu o cearense Luciano Cavalcante (2°) e já acumula sua terceira vitória no Circuito. 
Nos pranchões a vitória ficou com Geraldo Lemos (CE). Em duro confronto Geraldinho levou a melhor em cima de Alessandro Mendes pelo estreito placar de 13.67 a 13.43. Alessandro (2°) já abriu a bateria com uma onda que valeu 8.33 e na segunda onda fez 5.10, mas o cearense correu atrás do prejuízo e acreditou na vitória até os últimos instantes para sagrar-se campeão na Paraíba. Johnson Jacques, que nunca havia perdido nas ondas do Macaco, não achou as boas para mostrar seu surf e amargou a terceira colocação. Nilton Santos foi quarto.
Cardoso Junior do Ceará liderou todo o combate na veteran, surfou sem ser incomodado e conquistou a primeira vitória na categoria este ano. Fernando Neguinho (RN) foi o segundo e Wladimir Lobo, também do Ceará, o terceiro.
Muita alegria e interação tomaram conta das disputas entre equipes. O Rio Grande do Norte obteve o melhor desempenho para vencer e deixar o Ceará, que permanece na liderança do ranking, em segundo. Os anfitriões foram os terceiros colocados e os pernambucanos os quartos.
A terceira etapa do Pena Surf Nordeste conta com o patrocínio da marca Pena, Governo da Paraíba, Prefeitura de Cabedelo e Setur. Apoio dos blocos Teccel, Adesivo Mix, Pranchas BF, Sargaço, Well Internet, Acquasol, Guajiru, Faculdade Maurício de Nassau, Badionaldo e Pousada do Caju. Divulgação sites cearasurf, waves, vidasurf, surfguru, surfpeblogspot, ondulação, surfbahia, emfocosurf, conexaosurf e manobra radical, revistas Fluir, Parafina e Beach Show, Rádio Mix 93,7 FM, Canal Woohoo e jornal MQA. Realização Top 16 promoções, pbsurf e ANS.
Premiação da terceira etapa:
09 Blocos Teccel
Kits da marca Pena + troféus
Premiação do circuito:
Campeões Open e Junior: 02 motos 0km
Demais categorias: 09 passagens para Fernando de Noronha.
Por: Comunicandosurf - comunicandosurf@gmail.com em 02/09/2012hs


Nenhum comentário:

Postar um comentário