segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Surf - John John conquista tricampeonato inédito no Volcom Pipe Pro

por João Carvalho

John John Florence (HAV) no Volcom Pipe Pro 2013 - foto: Brian Bielmann.
Em 2011, quando iniciou esta série de vitórias, ainda fechou o ano com a coroa de Pipe Master para se tornar o mais jovem campeão da Tríplice Coroa Havaiana. No ano passado foi o quarto melhor do mundo no ASP Tour e já começa 2013 reassumindo o primeiro lugar no ranking unificado. Ele não largou a ponta desde a vitória na etapa brasileira do WCT, o Billabong Rio Pro, em maio de 2012 no Rio de Janeiro.


O havaiano tinha perdido essa posição para o brasileiro Caio Ibelli, que liderou o primeiro ranking da temporada com os 1.000 pontos da vitória no ASP 4-Star Hainan Classic, encerrado na última quarta-feira na China. No ASP 5-Star Volcom Pipe Pro o título valeu 2.000 pontos e 20.000 dólares para John John Florence, que na bateria final derrotou o norte-americano Chris Ward (2.o lugar), o australiano Josh Kerr (3.o) e o havaiano Olamana Eleogram (4.o).

O paulista Caio Ibelli caiu para o quarto lugar no ranking das duas etapas do ASP World Star que abriram a corrida por dez vagas para o WCT de 2014. O vice-campeão nas ondas de 4-6 pés do sábado decisivo em Pipeline, Chris Ward, marcou 1.500 pontos e começa em segundo no ASP World Ranking, com Josh Kerr em terceiro com 1.125 pontos. Já Olamana Eleogram ganhou 984 pelo quarto lugar no Havaí e é o quinto no ranking unificado.

O brasileiro Jessé Mendes foi o melhor surfista da América do Sul nos tubos do Volcom Pipe Pro, iniciado na quinta-feira. Ele começou o sábado vencendo uma dobradinha brasileira com o carioca Leandro Bastos, depois foi o único a passar para as quartas de final em uma bateria contra três havaianos. Só perdeu para uma das novidades na elite do WCT 2013, Sebastien Zietz, mas despachou Marcus Hickman e Ezekiel Lau.

No entanto, os havaianos Olamana Eleogram e Dusty Payne vingaram essa dupla eliminação nas quartas de final e Jessé Mendes terminou em 13.o lugar no Volcom Pipe Pro. O paulista recebeu 554 pontos e estreia no ranking unificado 2013 da ASP na 17.a posição. Logo abaixo do catarinense Matheus Navarro, semifinalista no 4 estrelas da China, que caiu da terceira para a 15.a colocação.

No 5 estrelas do Havaí, além de Jessé Mendes, mais quatro brasileiros chegaram nas oitavas de final em Pipeline. O paulista Wiggolly Dantas e o catarinense Ricardo dos Santos ficaram em 17.o lugar, por terem perdido em terceiro nas suas baterias. Já o carioca Leandro Bastos e o capixaba Krystian Kymerson terminaram em último nas suas e em 25.o no campeonato.

PRÓXIMAS ETAPAS – Mais três etapas do ASP World Star acontecem ainda neste mês de fevereiro. O Breaka Burleigh Pro já abriu o primeiro 6 estrelas feminino da temporada 2013 em Burleigh Heads no domingo. As três representantes da América do Sul perderam na segunda fase, a peruana Anali Gomez que defendia a liderança do ranking na Austrália, a brasileira Bruna Schmitz e a argentina Ornella Pellizzari. E até o dia 10, também no mesmo evento que abre a “perna australiana”, será realizada uma etapa masculina do ASP 4-Star.

No mesmo período, de 09 a 13 de fevereiro, será disputada outra prova com nível 4 estrelas de 1.000 pontos em Porto Rico, o Rip Curl Pro Puerto Rico nas ondas de Jobos. Já na Austrália, no dia 18 começa o primeiro ASP 6-Star de 3.500 pontos do ano, o Burton Toyota Pro em Merewether Beach, com o catarinense Willian Cardoso defendendo o título de campeão no tradicional Festival de Newcastle. A “perna australiana” ainda vai promover as duas primeiras etapas do WCT de 10.000 pontos na Gold Coast e em Bells Beach, além do primeiro ASP Prime de 6.500 pontos do ano, o Drug Aware Pro nos dias 16 a 24 de março em Margaret River.

ASP WORLD RANKING 2013 – RESULTADOS DO ASP 5-STAR NO HAVAÍ E DO ASP 4-STAR NA CHINA:

1.o: John John Florence (HAV) – 2.000 pontos
2.o: Chris Ward (EUA) – 1.500
3.o: Josh Kerr (AUS) – 1.125
4.o: Caio Ibelli (BRA) – 1.000
5.o: Olamana Eleogram (HAV) – 984
6.o: Kolohe Andino (EUA) – 844
6.o: Conner Coffin (EUA) – 844
8.o: Mitch Crews (AUS) – 750
9.o: Dusty Payne (HAV) – 738
9.o: Reef McIntosh (HAV) – 738
11: Dale Staples (AFR) – 633
11: Bruce Irons (HAV) – 633
11: Alex Gray (EUA) – 633
11: Kahea Hart (HAV) – 633
15: Matheus Navarro (BRA) – 563
15: Made Widiarta (IDN) – 563
17: Sebastian Zietz (HAV) – 554
17: Jessé Mendes (BRA) – 554
17: Jamie O´Brien (HAV) – 554
17: Masatoshi Ohno (JPN) – 554
———-próximos sul-americanos:
21: Wiggolly Dantas (BRA) – 475 pontos
21: Ricardo dos Santos (BRA) – 475
29: Deivid Silva (BRA) – 422
33: Krystian Kymerson (BRA) – 386
33: Leandro Bastos (BRA) – 386
41: Cristobal de Col (PER) – 356
41: Miguel Tudela (PER) – 356
41: Sidney Guimarães (BRA) – 356
61: Carlo Zapata (PER) – 277
65: Messias Felix (BRA) – 237
65: Joaquin del Castillo (PER) – 237
73: Leandro Usuña (ARG) – 200

FINAL DO ASP 5-STAR VOLCOM PIPE PRO:

Campeão: John John Florence (HAV) com 16,33 pontos (8.43+7.90) – US$ 20.000 e 2.000 pontos
Vice-campeão: Chris Ward (EUA) com 14,80 (notas 7.93+6.87) – US$ 10.000 e 1.500 pontos
3.o lugar: Josh Kerr (AUS) com 13,83 (notas 8.33+5.50) – US$ 6.500 e 1.125 pontos
4.o lugar: Olamana Eleogram (HAV) com 13,30 (6.87+6.43) – US$ 5.500 e 984 pontos

Nenhum comentário:

Postar um comentário