segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Surf - Marands Surf Pro abre o Noronha Surf Festival

João Carvalho - Assessoria de Imprensa do Noronha Surf Festival
Marca pernambucana do interior de Pernambuco patrocina a etapa inédita da ABRASP em Fernando de Noronha (PE) que inaugura a disputa pelo título brasileiro de surfe profissional de 2013
Pela primeira vez em 27 anos de história, o Circuito Brasileiro de Surfe Profissional será iniciado no Arquipélago de Fernando de Noronha (PE). Uma marca de surfwear do interior de Pernambuco promove o Marands Surf Pro, que começa na próxima quinta-feira e vai até domingo nos tubos da Cacimba do Padre. Esta é a primeira das três competições que serão disputadas no Noronha Surf Festival, durante o período de 21 de fevereiro a 03 de março no Havaí brasileiro.

Os bicampeões brasileiros Fábio Gouveia, Leonardo Neves e Renato Galvão, são alguns destaques entre os surfistas já confirmados para o Marands Surf Pro Noronha. O limite é de 64 participantes e os mais bem colocados dividirão os R$ 60.000,00 oferecidos na etapa inédita na história da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP). É a maior premiação desde 2011 no circuito nacional, com a vitória valendo a liderança no primeiro ranking brasileiro da temporada 2013.

"Esta prova em Noronha é um recomeço e tanto para a ABRASP e para os surfistas brasileiros", acredita Pedro Falcão, novo diretor executivo da entidade presidida pelo também carioca Pedro Muller, campeão brasileiro de 1989. "Estamos trabalhando para termos um circuito forte de novo e 2013 é o primeiro passo. Temos um grande desafio pela frente com essa crise mundial e nossa preocupação não é só com a verba para os eventos, mas também pela situação dos competidores, pois o número de atletas sem patrocínio só aumenta. Precisamos trabalhar todos juntos para colocar o surfe no seu devido lugar".

Também na Cacimba do Padre será inaugurado o Circuito Pernambucano Cyclone / Bali de Surf 2013 nos dias 26 e 27. E outra marca pernambucana, a Gold Island, vai abrir o circuito da Associação Brasileira de Longboard (ABL) nos dias 1 a 3 de março. A expectativa é grande e o Noronha Surf Festival será transmitido ao vivo em HD na internet pelo http://www.surfcore.com.br/brasileiro_pro - com os novos cabos de fibra ótica instalados pela Administração de Fernando de Noronha até a Cacimba do Padre, especialmente para o evento.

BICAMPEÕES - O primeiro desafio é o Marands Surf Pro, que vai dar a largada na batalha pelo título brasileiro de surfe profissional. O paraibano Fábio Gouveia, que levantou o caneco nas temporadas de 1998 e 2005, competirá como convidado da Associação Nordestina de Surf (ANS). Já o carioca Leonardo Neves venceu o circuito brasileiro em 2002 e 2003, enquanto o paulista Renato Galvão foi o número 1 da ABRASP em 2004 e 2007 e chegou perto de igualar o tricampeonato do paranaense Peterson Rosa no ano passado.

Todavia, foi o cearense Messias Felix que entrou na galeria dos bicampeões em 2012, repetindo o seu título conquistado em 2009. Messias e o campeão de 2011, o catarinense Tomas Hermes, não competirão no Marands Surf Pro porque estão participando da "perna australiana" do Circuito Mundial da ASP, no mesmo período do Noronha Surf Festival. Mas, algumas estrelas que já representaram o Brasil na elite do WCT, vão aproveitar a chance de competir nos tubos mais adrenalizantes do país.

Entre eles, os próprios Fábio Gouveia e Leonardo Neves acima citados, o potiguar Danilo Costa e o pernambucano Paulo Moura. Também se destacam entre os inscritos antecipadamente na ABRASP para o Marands Surf Pro Noronha, alguns surfistas que terminaram o ano no seleto grupo dos top-16 do ranking brasileiro em 2012, como o vice-campeão Renato Galvão, os também paulistas Flavio Nakagima (4.o) e David do Carmo (15.o), os baianos Bruno Galini (5.o) e Franklin Serpa (8.o) e o paranaense Caetano Vargas (9.o).

NORONHENSES - A Associação Nordestina de Surf reservou quatro vagas para surfistas locais da ilha e a Associação de Surf de Fernando de Noronha (ASFN) vai promover uma seletiva para definir os classificados para disputar a premiação de R$ 60.000,00 do Marands Surf Pro. Além deles, o Arquipélago será representado por Patrick Tamberg, um dos ranqueados já inscritos na ABRASP.

O Noronha Surf Festival é uma realização da Associação Nordestina de Surf (ANS), EMPETUR e Secretaria de Turismo do Governo do Estado de Pernambuco, com apoio da Administração do Arquipélago de Fernando de Noronha, do Projeto TAMAR e do ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade). As marcas pernambucanas Marands e Gold Island, as lojas Bali e a Cyclone, patrocinam as etapas homologadas pela ABRASP, ABL, CBS e FEPESU, com a Associação de Surf de Fernando de Noronha (ASFN) e a Revista Hardcore também participando do evento que será transmitido ao vivo pelohttp://www.surfcore.com.br/brasileiro_pro

INSCRIÇÕES - As inscrições para as três competições do Noronha Surf Festival ainda estão abertas e podem ser feitas nos escritórios das entidades organizadoras. Para o Marands Surf Pro Noronha, através dos e-mails mariah@abrasp.com.br ou abraspsurfpro@hotmail.com ou pelo celular (21) 9140-9715 do diretor executivo da ABRASP, Pedro Falcão - pedrof@abrasp.com.br

Para o Circuito Cyclone / Bali de Surf Pernambucano, os contatos da Federação Pernambucana de Surf (FEPESU) para inscrições nas categorias Pro/Am, Open, Junior, Mirim, Iniciante, Petit, Feminino, Master, Senior e Longboard, são (81) 3463-1963 e parafajsp@hotmail.com e do presidente da entidade, Bruno Cavalcanti, (81) 9242-4385 e brunopresidentefpf@gmail.com

E para o Gold Island Noronha Lonbgoard Pro, as inscrições devem ser realizadas pelos e-mailsablgeraldinho@hotmail.com ou ansgeraldinho@hotmail.com e mais informações pelos fones 81-3463-1963 ou 81-9282-5177

-------------------------------------------------------------------------------------
João Carvalho - Assessoria de Imprensa do Noronha Surf Festival
(48) 9988-2986 - joaocarvalho@matrix.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário