sexta-feira, 28 de junho de 2013

Surf - Parko vence em Keramas

Por Redação Waves
Joel Parkinson vence o Oakley Pro Bali em Keramas, Indonésia. Foto: © ASP / Kirstin.
Video das Finais
A vitória rende US$ 75 mil ao campeão e US$ 30 mil ao vice. Foi a primeira final de Bourez na elite mundial, enquanto Parko subiu ao pódio pela 25a vez.


De quebra, o aussie sobe para a terceira posição no ranking do WCT, atrás do compatriota Mick Fanning (1o) e do norte-americano Kelly Slater, vice-líder. Adriano de Souza, em sétimo, é o melhor brazuca no circuito.

Michel Bourez, oitavo no WCT, chegou a liderar a final até os últimos minutos. O taitiano começou melhor, com 6.50 e 6.17, enquanto Parko caiu em duas ondas importantes - um tubo e uma batida chutando a rabeta.

Na reta final, o australiano cresceu de produção e diminuiu a diferença ao obter 6.03. Depois de retornar ao pico, Parko viu Bourez abrir mão da prioridade e não hesitou em tentar a virada.

O atual campeão mundial mandou uma batida invertendo a prancha, deu uma passando e desferiu uma bela rasgada para ser recompensado com nota 7.83, estragando a festa de Bourez. O taitiano ainda tentou reagir na sequência, mas sua nota 6.07 sequer entrou no somatório.

Na primeira semifinal, Joel Parkinson eliminou o compatriota Josh Kerr, um dos melhores surfistas do Oakley Pro Bali. Parko abriu bem a bateria, com 7.50 e 6.93. O duelo foi marcado pela entrada do vento maral, prejudicando bastante as condições do mar.

Josh vinha detonando na prova, mas surfou apenas uma onda e obteve 5.33. O aussie passou a esperar pelas séries e se deu mal.

Como o mar ficou muito ruim, a direção de prova optou por paralisar a competição e promover uma nova chamada meia-hora depois para iniciar a batalha entre Michel Bourez e Nat Young.

Quando a prova recomeçou, Nat e Bourez travaram uma batalha eletrizante. Em busca da sua segunda final em seu ano de estreia no WCT, Nat comandou as ações durante boa parte do tempo.

O norte-americano assumiu a liderança com 7.87 e 5.83, ampliando vantagem ao arrancar 7.10 dos juízes. Nos instantes finais, o taitiano tinha 6.43 na melhor onda e buscava 8.14.

A virada aconteceu na última onda, para delírio da plateia em Keramas. Michel Bourez não desperdiçou a oportunidade e atacou muito bem o lip até a beira da praia. Os juízes valorizaram a performance do atleta, autor de uma campanha espetacular no Oakley Pro Bali, e a média ficou em 8.67.

Nas quartas-de-final, Bourez havia derrotado o australiano Mick Fanning, novo líder do ranking mundial. O taitiano arrepiou as ondas de Keramas para somar 9.07 e 7.20, contra 7.77 e 4.73 de Mick.

Destaque também para as belas apresentações de Josh Kerr e Nat Young, que derrotaram CJ Hobgood e Julian Wilson, respectivamente.

Já Joel Parkinson venceu o compatriota Taj Burrow em um confronto sem emoções. Parko somou 7.50 e 5.67, contra apenas 2.00 e 1.13 de Taj.

O próximo destino do WCT 2013 é Teahupoo, Tahiti. Válida como a sexta etapa do circuito, a competição começa no dia 15 e vai até 26 de agosto.

Resultado do Oakley Pro Bali 2013

1 Joel Parkinson (Aus)
2 Michel Bourez (Tah)
3 Nat Young (EUA)
3 Josh Kerr (Aus)
5 Taj Burrow (Aus)
5 CJ Hobgood (EUA)
5 Julian Wilson (Aus)
5 Mick Fanning (Aus)
9 Adriano de Souza (Bra)
13 Filipe Toledo (Bra)
13 Gabriel Medina (Bra)
13 Miguel Pupo (Bra)
25 Alejo Muniz (Bra)
25 Raoni Monteiro (Bra)
25 Willian Cardoso (Bra)

Nenhum comentário:

Postar um comentário