sexta-feira, 12 de julho de 2013

Surf - Gold Island apresenta Brasileiro de Longboard em Pernambuco

por João Carvalho
Atalanta Batista na Praia do Cupe, onde conquistou o tricampeonato brasileiro de Longboard Profissional.foto fabiciano junior
A Gold Island apresenta a segunda etapa do Circuito Brasileiro de Longboard Profissional a partir desta sexta-feira na paradisíaca Praia de Itapuama, em Cabo de Santo Agostinho, no litoral sul de Pernambuco. As principais estrelas da modalidade praticada nos pranchões confirmaram presença na competição que será disputada em seis categorias, cinco delas masculinas como Profissional, Master, Super Master, Amador Open sem limite de idade e Amador Junior, além da feminina. O evento tem total apoio da Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho e vai até domingo na Praia de Itapuama.


A marca de surfwear pernambucana já patrocinou a etapa de abertura do circuito da Associação Brasileira de Longboard (ABL) no mês de fevereiro em Fernando de Noronha. Nas ondas tubulares da Cacimba do Padre, o pernambucano Halley Batista largou na frente na corrida pelo título brasileiro com a vitória sobre o paulista Alex Leco na grande final do Gold Island Brasileiro de Longboard Pro. Nas semifinais, eles derrotaram o atual campeão sul-americano, Rodrigo Sphaier, de Saquarema (RJ), e o cearense Geraldo Lemos, que dividem a terceira posição no ranking que define o campeão brasileiro de longboard profissional.

"Foi mais um título inesquecível para a minha carreira", disse Halley Batista, logo após a vitória em Fernando de Noronha. "O campeonato foi irado. Já estou umas duas semanas aqui na ilha e não para de dar onda. É na Laje da Cacimba, embaixo e nos outros picos também quebrou clássico, no Porto, Conceição, Boldró, enfim, Noronha nunca deixa a desejar nesta época do ano e foi uma Glória mais essa vitória na minha vida".

Halley Batista vai defender uma invencibilidade no Gold Island de Cabo de Santo Agostinho, pois ele também ganhou a última etapa do Circuito Brasileiro de Longboard do ano passado na Praia de Cupe, em Ipojuca, onde ele mora. Seu melhor momento em Fernando de Noronha foi no duelo que travou com o campeão sul-americano Rodrigo Sphaier nas semifinais, quando a Cacimba do Padre bombou altas ondas para os dois competidores. O vice-campeão Alex Leco também vibrou com o ótimo resultado no arquipélago pernambucano.

"Infelizmente as ondas na final ficaram bem abaixo do que a gente esperava, ainda mais depois da semifinal do Diguinho (Rodrigo Sphaier) com o Halley (Batista) que deu altas ondas, com o Halley tirando até nota 10", disse Alex Leco. "Mas, campeonato é assim mesmo e estou feliz de qualquer forma. O Halley mereceu. Pra mim, ele e o Diguinho foram os que surfaram melhor no evento todo e esta foi minha primeira final em eventos profissionais, então estou feliz pelo segundo lugar também".

Nas outras categorias disputadas em Fernando de Noronha, o paulista Jefson Silva derrotou o baiano Rogerio Vasconcelos (2.o lugar), o cearense Jhonny Quest (3.o) e o também paulista Alex Miranda (4.o) na final da categoria Amador Open, mas Rogerio Vasconcelos foi o campeão na Master, ganhando a sua segunda decisão de título na Cacimba do Padre, contra o paulista Alex Miranda (3.o lugar) e os pernambucanos Fernando Santos (2.o) e Rafael Aguiar (4.o).

Com apenas um atleta inscrito, devido aos altos custos da viagem para o Arquipélago de Fernando de Noronha, o pernambucano Caio Santos lidera a disputa do título brasileiro na categoria Amador Junior e o paulista Carlos Pereira na Super Master. Já a feminina não aconteceu em Noronha e será iniciada no Gold Island apresenta a segunda etapa do Circuito Brasileiro de Longboard em Cabo de Santo Agostinho. A grande favorita é a pernambucana Atalanta Batista, irmã de Halley, que faturou o tricampeonato brasileiro no ano passado.

Entre as atrações confirmadas para competir nas ondas da Praia de Itapuama, além dos irmãos Batista estão o único brasileiro que já conquistou o título mundial de longboard e que defende o título brasileiro esse ano, o carioca Phil Rajzman, o atual campeão sul-americano de 2013, Rodrigo Sphaier, e outras feras dos pranchões como os paulistas Carlos Bahia e Danilo Rodrigo, entre outros que já representaram muito bem o país nas competições internacionais realizadas pelo mundo.

O Gold Island apresenta a segunda etapa do Circuito Brasileiro de Longboard será realizado com total apoio da Prefeitura Municipal de Cabo de Santo Agostinho, através do prefeito Vado da Farmácia, além dos Blocos Teccel, com divulgação pela ESPN Brasil, Canal Woohoo, Rádio Transamérica FM e Surfguru.com.br. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Longboard (ABL) em parceria com a Associação Nordestina de Surf (ANS) e Federação Pernambucana de Surf (FEPESU).

A competição será transmitida ao vivo na internet pelohttp://www.surfcore.com.br/brasileiro_long/ 

RANKING BRASILEIRO DE LONGBOARD 2013 - 1.a etapa em Fernando de Noronha (PE):

CATEGORIA PROFISSIONAL:
1.o: Halley Batista (PE)
2.o: Alex Leco (SP)
3.o: Rodrigo Sphaier (RJ)
3.o: Geraldo Lemos (CE)
5.o: Carlos Bahia (SP)
5.o: Amaro Matos (SP)
5.o: Rafael Cavalcanti (PE)
5.o: Reginaldo Nascimento (PE)
9.o: Phil Rajzman (RJ)
9.o: Jefson Silva (SP)
9.o: Felipe Lacerda (ES)
9.o: Rogerio Vasconcelos (BA)
9.o: Carlos Pereira (SP)
9.o: Carlos Silveira (PE)
9.o: Robledo Oliveira (RJ)
9.o: Robson Fraga (SE)

CATEGORIA OPEN:
1.o: Jefson Silva (SP)
2.o: Rogerio Vasconcelos (BA)
3.o: Jhonny Quest (CE)
4.o: Alex Miranda (SP)
5.o: Nascimento Rocam (PE)
5.o: Thiago Menin (SP)
7.o: Carlos Pereira (SP)
7.o: Carlos Silveira (PE)

CATEGORIA MASTER: 
1.o: Rogério Vasconcelos (BA)
2.o: Fernando Santos (PE)
3.o: Alex Miranda (SP)
4.o: Rafael Aguiar (PE)
5.o: Carlos Pereira (SP)
5.o: Nascimento Rocam (PE)
7.o: Cris Pires (RJ)

CATEGORIA JUNIOR:
1.o: Caio Santos (PE)

CATEGORIA SUPER MASTER:
1.o: Carlos Pereira (SP)


Nenhum comentário:

Postar um comentário