segunda-feira, 29 de julho de 2013

Surf - Vans US Open / Alejo Muniz levanta caneco

Fonte Waves
Alejo Muniz conquista título do Vans US Open em Huntington Beach (EUA). Foto: © ASP / Rowland.
O catarinense Alejo Muniz foi o campeão do Vans US Open, etapa Prime do circuito mundial masculino encerrada neste domingo, em ondas de 1 metro no píer de Huntington Beach, Califórnia (EUA).
Com a vitória, o brasileiro garante mais 6.500 pontos no ranking da ASP e leva para casa um cheque no valor de US$ 100 mil.
 
Na final, Alejo foi superior ao norte-americano Kolohe Andino e venceu a bateria por 16.23 a 14.54 pontos. 

Kolohe começou na frente depois de acertar um aéreo reverse que lhe valeu uma nota 7.77. Alejo não se intimidou com a boa manobra do adversário, aproveitou melhor sua onda e acertou boas rasgadas para anotar 8.43. 

O norte-americano parecia notar a confiança do brasileiro e se precipitou ao pegar a primeira da série. Kolohe acertou boas rasgadas, mas conquistou apenas 5.50.

O catarinense teve mais calma, esperou o momento certo para caprichar nas manobras e garantir sua segunda melhor nota, 7.80. 

Na sequência, Kolohe optou pela esquerda, agrediu a onda no limite, mas foi atrapalhado pelas pilastras do píer de Huntington Beach. Com o erro, ele arrancou apenas a nota 6.77 do juízes.

Faltando ainda dois minutos para o fim, o norte-americano viu que mais nada podia fazer a não ser abraçar o brasileiro e parabenizá-lo pelo título da competição.  

"Não consigo acreditar, estou muito feliz. Quero desejar este título ao meu pai. O mar não estava muito bom, mas consegui mostrar meu trabalho. Agradeço os brasileiros que estavam na torcida e me deram muita força. Parabéns também a Kolohe que também é um grande campeão", falou Alejo, bastante emocionado com a vitória. 

"Hoje faz quatro anos que meu avô se foi e eu gostaria de dedicar esta vitória a ele. Esta é a maior vitória da minha carreira e esta foi a maior multidão que já vi enquanto competia. Eu sabia que tinha de fazer as notas e as ondas estavam morrendo um pouco durante a maré cheia. O oceano colaborou comigo hoje", continua o atleta.


Com o título, Alejo pula de 24o para 15o lugar no ranking da divisão de acesso do circuito mundial. "Estou muito focado porque não tive bons resultados antes deste evento. Estava apostando tudo neste campeonato e o trabalho foi recompensado. Eu foquei mais em mim do que quem eu estava enfrentando e as notas que eles estavam conseguindo. Tenho conseguido boas notas, mas perdido baterias por algum motivo. Eu sabia que precisava fazer boas notas e surfar o que pudesse. Estou amarradão porque pude conseguir isso esta semana. Eu acho que surfei de forma inteligente durante toda a semana e isso é irado", finaliza o catarinense.
Entre as mulheres, a havaiana Carissa Moore subiu ao topo do pódio na etapa válida pelo WCT feminino e deve reassumir a liderança do circuito, já que a australiana Tyler Wright caiu na semifinal.

Prime masculino Na primeira bateria do dia, Adriano de Souza se deu mal diante de Kolohe Andino. O jovem californiano levou a melhor com notas 6.83 e 7.83, contra 6.27 e 7.00 do brazuca.

A classificação à semi veio com Alejo Muniz, que detonou o californiano Nat Young por 13.64 a 5.83 pontos.

Nas semifinais, Kolohe Andino passou sem problemas pelo australiano Bede Durbidge, derrotado pelo placar de 14.00 a 11.76.

Em seguida, Alejo Muniz fez a mala do aussie Matt Banting. Determinado a vencer a etapa, o catarinense atacou muito bem as ondas para somar notas 7.83 e 6.17, contra 5.83 e 6.17 de Banting.

WQS Prime

1 Alejo Muniz (Bra)
2 Kolohe Andino (EUA)
3 Matt Banting (Aus)
3 Bede Durbidge (Aus)
5 Adriano de Souza (Bra)
5 Michel Bourez (Tah)
5 Jordy Smith (Afr)
5 Nat Young (EUA)
9 Jadson André (Bra)
17 Alex Ribeiro (Bra)
17 Miguel Pupo (Bra)

WCT Feminino

1 Carissa Moore (Haw)
2 Courtney Conlogue (EUA)
3 Tyler Wright (Aus)
3 Pauline Ado (Fra)
9 Silvana Lima (Bra)

Pro Junior


1 Conner Coffin (EUA) 15.77

2 Carlos Munoz (Cri) 12.50
3 Jake Halstead (EUA) 8.60
4 Ramzi Boukhiam (Mar) 7.80

Feminino Pro Junior


1 Bianca Buitendag (Afr) 18.10
2 Nikki Van Dijk (Aus) 16.20
3 Tatiana Weston-Webb (Haw) 14.27
4 Frankie Harrer (EUA) 8.74


Nenhum comentário:

Postar um comentário