quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Surf - WCT Tahiti, Baterias definidas em Teahupoo

Fonte Waves
Gabriel Medina durante o WCT de 2012 em Teahupoo, Tahiti. Foto: © ASP / Kirstin.
A ASP divulgou na manhã desta quarta-feira os nomes dos integrantes das baterias da primeira fase da sexta etapa do WCT em Teahupoo, Tahiti. O evento começa nesta quinta-feira com o confronto entre o aussie Bede Durbidge e os norte-americanos Nat Young e Patrick Gudauskas.


O primeiro brasileiro a entrar na água é o guarujaense Adriano de Souza. Sétimo colocado no ranking do World Tour, Mineiro encara os australianos Adrian Buchan e Kieren Perrow na sétima bateria do dia.

O fenômeno de Maresias Gabriel Medina, 16º no ranking da ASP, e o catarinense Alejo Muniz, atual campeão do US Open, enfrentam na nona bateria o australiano Josh Kerr.

Paulista de Itanhaém, Miguel Pupo tem pela frente duas pedreiras na 11ª disputa do dia. O brasileiro enfrenta ninguém menos que o aussie Julian Wilson e o havaiano John John Florence.

Para fechar a participação brazuca na abertura do WCT em Teahupoo, o ubatubense Filipe Toledo encara o havaiano Sebastian Zietz e o norte-americano Damien Hobgood.

Líder do ranking e detentor do último título no Tahiti, o australiano Mick Fanning faz sua estreia na sexta bateria com o havaiano Fredrick Patacchia e o taitiano Jocelyn Poulou.

"O Tahiti sempre foi muito importante para a minha carreira", diz Fanning. "Quando comecei a correr o Tour, meu frontside era muito mais forte que o meu backside. Por isso, fiz questão de surfar Teahupoo sempre que pude, para aprender a entubar de backside. Já tive alguns bons resultados aqui, mas a minha vitória no ano passado foi realmente especial".

O norte-americano Kelly Slater, 41 anos, 11 vezes campeão mundial e quatro vezes vencedor no Tahiti, enfrenta na quinta bateria o conterrâneo Brett Simpson e o havaiano Ian Walsh.

Já o atual campeão mundial Joel Parkinson, 32, terceiro colocado no ranking da ASP, entra na água na quarta disputa do dia contra o californiano Kolohe Andino e o australiano Anthony Walsh.

"Toda vez que penso no evento do ano passado, fico arrasado", conta Parkinson. "Achei que havia feito tudo certo, foi dificil aceitar o fato de ter terminado em segundo. Meu foco este ano é vencer em Teahupoo".

Substitutos Depois das desistências do saquaremense Raoni Monteiro, que alegou motivos pessoais, e dos atletas Owen Wright, Glenn Hall, Tiago Pires e Dusty Payne, todos contundidos, a entidade anunciou os novos nomes que definem os confrontos.

Os dois wildcards do evento, garantidos pela triagem, são o taitiano Alain Riou e o australiano Anthony Walsh. Já os cinco substitutos são Patrick Gudauskas, Yadin Nicol, Nathan Hedge, Jocelyn Poulou e Ian Walsh.

Patrick e Yadin foram chamados como alternates da ASP, enquanto os demais atletas foram chamados em virtude das boas campanhas na triagem.

Primeira fase WCT em Teahupoo, Tahiti

1 Nat Young (EUA), Bede Durbidge (Aus), Patrick Gudauskas (EUA)
2 Taj Burrow (Aus), Matt Wilkinson (Aus), Nathan Hedge (Aus)
3 Jordy Smith (Afr), Travis Logie (Afr), Alan Riou (Tah)
4 Joel Parkinson (Aus), Kolohe Andino (EUA), Anthony Walsh (Aus)
5 Kelly Slater (EUA), Brett Simpson (EUA), Ian Walsh (Haw)
6 Mick Fanning (Aus), Fredrick Patacchia (Haw), Jocelyn Poulou (Tah)
7 Adriano de Souza (Bra), Adrian Buchan (Aus), Kieren Perrow (Aus)
8 Michel Bourez (Tah), Kai Otton (Aus), Yadin Nicol (Aus)
9 Josh Kerr (Aus), Gabriel Medina (Bra), Alejo Muniz (Bra)
10 CJ Hobgood (EUA), Jeremy Flores (Fra), Adam Melling (Aus)
11 Julian Wilson (Aus), John John Florence (Haw), Miguel Pupo (Bra)
12 Sebastian Zietz (Haw), Filipe Toledo (Bra), Damien Hobgood (EUA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário