segunda-feira, 28 de julho de 2014

Corrida de Rua - 13ª edição da Maratona Pão de Açúcar de Revezamento de Fortaleza

Fonte OPOVO
Momento da largada da prova mostrando que idade não é empecilho para quem quer cuidar da saúde e ter qualidade de vida. foto DeivYlson  TEIXEIRA
Ter força de vontade e focar na superação: são esses os primeiros ingredientes para acordar às quatro da manhã de um domingo e calçar o tênis de corrida. A 13ª edição da Maratona Pão de Açúcar de Revezamento de Fortaleza foi a oportunidade para muita gente firmar compromisso com o esporte. Cerca de 11 mil pessoas participaram do evento, segundo a organização, muitos primeira vez. Pelas ruas da Capital também correu Marilson dos Santos, que representou o Brasil nas Olimpíadas de Pequim (2008) e Londres (2012).

Depois de sete meses de preparação, Ana Alice Barroso, 23, estreou ontem. Dos treinos “só de leve”, encarou cinco quilômetros na maratona. “Eu comecei a correr pela forma física, porque estava precisando perder peso, mas gostei muito e continuei”, comenta. Relaxamento, ela aponta, é um dos principais pontos positivos da modalidade. “Quando você começa a correr, não quer parar mais. É muito bom para o corpo”.

Paulo Campelo, 36, ressalta a importância de procurar um profissional para que seja elaborado plano de treino para o exercício. “Tem muita gente que quer começar, mas falta um empurrão”. Ele, que é educador físico, foi o responsável pela primeira corrida dos estudantes Saulo do Nascimento, 22, e Earlyson Gadelha, 29.

Passatempo
Para Earlyson, a corrida é oportunidade de manter a saúde em dia, além de um passatempo. Com um mês de treino, Saulo conta que a meta era percorrer os cinco quilômetros do percurso da sua “primeira corrida de muitas”. Daqui para a frente, diz, o objetivo é seguir praticando diariamente. “E sempre bater uma meta de tempo”.

A interação com os colegas de trabalho foi o que levou Israely Mororó, 35, para a primeira competição. “Trabalhar em equipe: foi isso o que me motivou”. Ela é enfermeira do IJF, que tinha duas equipes na prova. Ela ainda assinala persistência, motivação e vontade como os ingredientes que a levarão para as próximas corridas. “E também investir na nossa saúde”.

RESULTADO GERAL

MASCULINO

Dupla
1º lugar – Tempo: 2:25:11
Lucas de Jesus e Luis Carlos dos Santos

Quarteto
1º lugar – Tempo: 2:11:50
Marilson Gomes dos Santos, Adilson Dolberth, Jailson Silva e André Alberi

Octeto
1º lugar – Tempo: 2:14:48
Adelson Rodrigues, Edson dos Santos, Janilson Azevedo dos Santos, Justino Pedro da Siilva, Lucas de Jesus, Luis Carlos dos Santos, Mailson Pereira Lima e Rafael Almeida Silvestre

FEMININO

Dupla
1º lugar – Tempo: 3:06:06
Larisse do Nascimento de Souza e Sandra Maria Alexandre da Silva

Quarteto
1º lugar – Tempo: 2:57:05
Maria da Cruz Barboza, Patrícia Maria Linhares de Araújo, Sandra Maria Alexandre da Silva e Simone Dayane Aquino Alves

Octeto
1º lugar – Tempo: 2:53:35
Cibele Linhares de Araújo, Dayane F. Bezerra, Lúcia Maria Linhares de Araújo, Maria Valdelice da Cruz Barbosa, Patrícia Maria Linhares de Araújo, Sandra Maria Alexandre da Silva, Simone Dayane Aquino Alves e Simone Alves de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário