quinta-feira, 24 de julho de 2014

Sup - 1º Downwind Out Burst Pecém – Taíba

Por: George W.Noronha 
Gabriel Vilarinho-Pe e Flávio Nunes-Out-Burst-Pecém-Taíba-Foto-Natinho-Rodrigues
Gabriel Vilarinho-PE vence e confirma raia cearense como uma das melhores do Brasil.
A competição teve início no sábado com a primeira prova de race com os competidores saindo da Praia da Taibinha para percorrer 3.5 km até a linha de chegada em frente ao Hotel Vila Marola com a confirmação do favoritismo de Luiz Eugênio Gegê como o grande vencedor, seguido por Clayton Rodrigues, Paulo Marcelo, Paulo Vasco e Estácio Pereira. Na sequência foi a vez dos amantes do SUP participarem de uma divertida prova de revezamento na Lagoa da Taíba, onde a equipe composta por Clayton Rodrigues, Ana Carolina, Paulo Marcelo e Gabriel Vilarinho ficou com a primeira colocação.


No domingo foi a vez dos profissionais entrarem na água com a principal prova do evento, um downwind de 14 km entre as paradisíacas praias do Município de São Gonçalo do Amarante, Pecém e Taíba. Logo no início, Gabriel Vilarinho, integrante da Seleção Brasileira de SUP Race (que abocanhou uma inédita 3ª colocação no Mundial ISA Games por equipes), assumiu a ponta e tratou de se distanciar dos adversários buscando definir a prova nos primeiros 3 quilômetros do percurso para ganhar com uma ampla vantagem sobre o cearense Flávio Nunes, que mesmo traçando uma boa estratégia, não conseguiu superar o pernambucano, finalizando a prova na segunda colocação. Ambos faturaram R$ 1.500 e R$ 1.000 respectivamente.  Completando o pódio na terceira colocação ficou o cearense Eduardo Gondin, que recebeu R$ 500 pelo resultado.

Segundo Gabriel Vilarinho que esteve no Ceará pela primeira vez para participar desse tipo de prova, o litoral cearense possui uma raia diferenciada que se aproxima muito das maiores provas do mundo realizadas no Havaí:

“Acredito que, no Brasil, nenhum lugar reúna condições melhores que aqui para quem deseja se preparar para provas tradicionais do SUP Race mundial como a Oahu-Molokai, no Havaí. O vento e a direção das ondas criam uma das melhores raias que já remei na vida. Com toda certeza retornarei outras vezes para o Ceará em busca de aperfeiçoar minha técnica”, finalizou o campeão.



Por: George W.Noronha em 23/07/2014hs

Nenhum comentário:

Postar um comentário