quinta-feira, 16 de abril de 2015

Ventos e Velas - Lenda, Amyr klink Pede Mais Investimentos Em Estruturas Náuticas No Brasil Durante Visita à Volvo Em Itajaí

Fonte Náutica
Cem Dias entre o Céu e o Mar, Paratii, Mar sem Fim, Antártica 360 Graus, circunavegação, solitário…Amyr Klink é associado diretamente às palavras citadas anteriormente. Um currículo invejável e muita história pra contar. A Volvo Ocean Race não está entre suas façanhas, mas como um bom homem do mar, o navegador não poderia deixar de visitar a única parada brasileira da regata. Amyr Klink e sua equipe dão apoio ao chinês Dongfeng Race Team trazendo barco anfíbios a Itajaí (SC).

“O mar é a maior escola que eu conheço. Assim como alguns velejadores chineses navegam para o Brasil pela primeira vez, eu era inexperiente quando atravessei o Atlântico. Foi assim também quando debutei velejando sozinho para a Antártica. Eu acho muito legal que a Volvo Ocean Race tenha novos participantes de nações diferentes. É um evento incrível”, disse Amyr Klink, antes de fazer uma palestra sobre o mar para jovens de Itajaí.
O navegador e palestrante, que escreveu os livros Mar Sem Fim, Cem dias entre o Céu e o Mar e Paratii, gostou do que viu em Itajaí, parada brasileira da Volvo Ocean Race. “Acho muito legal que uma cidade carinhosa como Itajaí tenha entendido a importância de um evento mundial e espero que outras regatas terminem aqui”.
Sempre contundente em suas declarações, Amyr Klink pediu mais investimentos no setor náutico. “Está na hora do Brasil acordar e começar a fazer mais locais para esporte e portos para receber embarcações. Devemos parar com esse negocio de só olhar para futebol. Não podemos deixar de aproveitar a costa que a gente tem, o potencial náutico e suas atividades”.
“Aqui nós estamos finalmente em um flutuante que obedece às normas. Quem não conhece como funciona deve vir pra cá. É muito fácil fazer prédio, pontes e outras coisas mais. Aqui é muito mais difícil, mas não é impossível e transforma uma cidade. O Brasil deveria ter centenas e centenas de instalações como essa”.
O Dongfeng, barco visitado por Amyr Klink, corre contra o tempo para instalar o mastro que quebrou na perna anterior. Uma nova peça está sendo colocada na embarcação. O objetivo é deixar tudo pronto para a In-port Race de Itajaí, que será realizada neste sábado (18) e antecede a largada para Newport, nos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário