quinta-feira, 23 de julho de 2015

Surf - Expectativa em Stella

Por Miguel Brusell
Etapa do Circuito Baiano mobiliza a galera em Stella Maris, neste fim de semana. Foto: Diego Freire
Quem quiser conferir o nível do surf de competição na Bahia terá uma excelente oportunidade, neste fim de semana, com a disputa da 3ª etapa do Circuito Baiano Amador e 2ª do Profissional.
O evento faz parte do Festival Brasileiro Amador e Baiano de Surf que ainda terá, nos dias primeiro e 2 de agosto, a última do Circuito Brasileiro de Surf Amador, na mesma praia de Stella Maris.
Segundo as previsões dos principais sites, a etapa terá ondas grandes e clássicas para a prática do esporte dos reis havaianos. No sábado, o swell predominante vem de sul com 2 metros bem servidos de ondas e o vento predominante de sudeste, mas com a fraca intensidade de 7 nós, o que proporciona condições perfeitas  para a prática do surf.

No domingo, o mar diminui um pouco, mas o vento predominante gira para nordeste, fica um pouco mais forte, com cerca de 10 nós, o que deve alinhar ainda melhor as ondas na bancada da praia de Stella Maris. Se a previsão se confirmar, os melhores surfistas da Bahia terão condições ideais para mostrar o nível de competição do esporte no Estado.

Com disputa nas categorias Pro Am, Junior, Mirim, Iniciante, Infantil, Feminino e Máster, as inscrições devem ser feitas na sexta (24), no local do evento, das 13 as 17 horas. O valor será de R$ 100, para a categoria Pro Am; R$ 70, na Júnior e Mirim e R$ 50 na Máster, Iniciante, Infantil e Feminino. O evento tem o número de vagas limitadas.
 
Dentro d' água
 
Depois da primeira chamada da sirene, as maiores atenções devem se voltar para a categoria profissional, que terá a primeira etapa com premiação Prime, de R$ 5 mil para ser dividida entre os primeiros colocados. No fim de semana passado, o Circuito Profissional teve a primeira etapa disputada na cidade de Itacaré e, devido a um mar muito agitado e com grandes ondas, a competição foi suspensa no domingo, tendo as suas finais na segunda-feira.

Quem saiu na frente do ranking na Pro / Am foi Iago Silva, seguido do surfista de Ilhéus, Rudá Carvalho, do canavierense Aurélio Santana e do local de Stella Maris, Erick Moraes, que vai competir nas ondas em que treina normalmente. A competição deve ter a presença de alguns profissionais baianos, como Alandreson Martins e Bruno Galini, que não competiram em Itacaré porque estavam disputando a etapa do SuperSurf na praia de Maresias, em São Paulo.

Entre os amadores, até a segunda etapa, a maior disputa acontece entre Taiwan Chan e Luamar Bispo, que lideram as categorias Junior e Mirim. Na Junior, os dois estão empatados na liderança do ranking, e na Mirim Luamar tem uma pequena vantagem. Na Iniciante, Bruno Marroche é o líder seguido de Hawai Chan, irmão de Taiwan.

Na Infantil, Hawai também é o líder e quer manter a vantagem em cima de Marcel Brito, que ocupa a segunda colocação. Entre os masters, Greazo Ramos está fazendo uma bela disputa contra Esdras Santos, o lendário Fofão, rei das manobras "aéreas" no surf baiano nos anos 80. Movido à pizza com massa de açaí, Fofão continua surfando como os garotos.

Na etapa do Baiano, serão disputadas as categorias Pro/Am, que terá a premiação de R$ 5 mil em dinheiro, além de medalhas e troféus, Sub 12, Sub 14, Sub 16, Sub 18, Feminino e Master, a cima de 35. As categorias amadores terão pranchas, blocos, kits, medalhas e troféus como premiação.

A última etapa do Brasileiro, que acontece no mesmo local no primeiro fim de semana de agosto, será decisiva na formação do time que irá representar o Brasil no ISA World Junior Surfing Championships,  evento que será disputado em outubro, na Califórnia, nos Estados Unidos, e que define os campeões mundiais Junior da International Surf Association (ISA).

O Festival Brasileiro Amador e Baiano de Surf 2015 tem a organização da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), Federação Baiana de Surf (FBSurf) e da Associação de Surf e Ecologia de Stella Mares (ASESM). Patrocínio de Trip Surf Wear, Governo do Estado da Bahia, Sudesb e Mariposa e o apoio de SurfBahia, Waves, Mamute, Xisto, Blue Coast, Backdoor e Redeoutlight.

Nenhum comentário:

Postar um comentário