segunda-feira, 6 de julho de 2015

Surf - Oi anuncia patrocínios, Silvana Lima, única representante brasileira no Tour feminino, fecha com a Oi

Fonte ( Site Waves )
Silvana Lima está entre os três brasileiros contratados    Foto - Divulgação
A Oi acaba de fechar contrato de patrocínio com mais três surfistas brasileiros que são destaque na WSL, a liga mundial de surfe: Adriano de Souza, o Mineirinho, Filipe Toledo, o Filipinho, e Silvana Lima. A partir de agora eles se juntam ao campeão mundial Gabriel Medina no time de surfistas patrocinados pela Oi. Os paulistas Adriano e Filipe ocupam respectivamente a liderança e a vice-liderança da WSL (World Surf League), e a cearense Silvana é a única representante brasileira na liga de surfe. 
“O apoio aos surfistas, que estão completamente conectados ao mundo através da mobilidade com as redes sociais, vai buscar mais  uma representação do conceito da marca  que está em todas as suas campanhas Internet da Oi. Porque seu mundo não para”, destaca Eric de Albanese, diretor Comunicação e Marca da Oi. “No caso do surfe, há uma associação de marca construída através do estilo de vida dos atletas e praticantes do esporte, que têm seus hábitos de uso de internet e redes sociais muito intensos. Eles gostam de compartilhar pela rede suas conquistas, seja nas competições ou na busca das melhores ondas. E a nossa tecnologia é meio para que eles compartilhem a experiência com a família, amigos e fãs. Além disso, o principal meio de acompanhamento do surfe hoje é a internet, um dos nossos principais serviços”, reforça Albanese. 

“Com o apoio aos surfistas que estão entre os melhores do mundo, a Oi reforça sua estratégia de patrocínio ao esporte, que envolve atributos de superação, motivação, trabalho em equipe e liderança, características inerentes às empresas de sucesso”, afirma Bruno Cremona, gerente de Patrocínios e Eventos da Oi. O incentivo da Oi a projetos esportivos, principalmente de esportes radicais, é um dos pilares de investimento de patrocínios da Oi. 
Com os novos patrocínios esportivos, a Oi fortalece também suas ferramentas de relacionamento institucional e de comunicação corporativa, agregando mais visibilidade e exposição à sua marca. Cremona acrescenta ainda que institucionalmente a Oi enxerga o surfe e o esporte como um todo como instrumentos de emoção e transformação social que a companhia quer valorizar na sua relação com a sociedade e com os clientes. “Com os novos patrocínios, fortalecemos o papel da Oi no apoio ao esporte e podemos incentivar cada vez mais o esporte através de grandes eventos e referências de atletas que estimulem crianças e jovens à prática, aproximando os fãs dos seus ídolos”, completou Cremona. 
Surfistas reconhecem importância da iniciativa da Oi
Filipe Toledo, de 20 anos, é o mais jovem surfista brasileiro do circuito mundial de surfe. Ele conquistou sua segunda vitória na WSL em maio, no Oi Rio Pro, uma conquista marcada por uma nota 10 que recebeu ao assinar uma onda com um aéreo, levando ao delírio milhares de fãs que lotavam as areias da Barra da Tijuca. Com o resultado, Filipinho saltou para o segundo lugar no campeonato. Para ele, o patrocínio da Oi é uma coroação de seu empenho nos últimos anos. “É muito gratificante receber o reconhecimento de uma empresa como a Oi, que tem uma marca identificada com nosso esporte”, afirma o surfista. 
Adriano de Souza acha que a iniciativa da companhia premia o bom momento do esporte no país e cria boas perspectivas para os atletas. “Outras grandes empresas podem seguir o exemplo da Oi e passar a apoiar o esporte, o que seria muito importante para essa nova geração de talentos que o Brasil tem no surfe”, diz Mineirinho, de 28 anos, atual líder da liga mundial de surfe. Ele começou a surfar aos oito anos de idade e notabilizou-se por ser o surfista que mais derrotou Kelly Slater em baterias, vencendo-o em 11 das últimas 14 vezes em que se enfrentaram. 
Silvana Lima, de 30 anos, veio de uma família humilde e se orgulha de ter superado a infância e adolescência difíceis para se tornar um dos grandes nomes do surfe mundial feminino. Segundo ela, a parceria com a Oi abre novos horizontes para os praticantes da modalidade no país. “Esse apoio da Oi ajuda a aumentar a visibilidade do esporte no Brasil e serve de estímulo para outros surfistas continuarem batalhando”, afirma Silvana.
Novos desafios
Mineirinho e Filipinho vão participar, junto com Gabriel Medina, da próxima etapa da liga mundial, em Jeffrey´s Bay, na África do Sul, entre os dias 8 e 19 de julho. Mineirinho ganhou a etapa de Margaret River, na Austrália, e Filipinho foi o vencedor das etapas de Gold Coast, na Austrália, e Oi Rio Pro, no Rio de Janeiro. Silvana Lima tem se destacado como a única representante brasileira no circuito mundial de surfe em 2015 e está treinando para a próxima etapa, em Huntington Beach, na Califórnia, entre 27 de julho e 2 de agosto.
Outros Patrocínios no surfe
A Oi é patrocinadora também do Campeão Mundial Gabriel Medina, que começou a ligação da Oi com o surfe, em outubro do ano passado, quando a empresa anunciou o surfista como atleta Oi e Embaixador do plano Oi Galera. A companhia patrocinou também este ano a etapa brasileira da World Surf League Championship Tour, o Oi Rio Pro – realizado em maio no Rio de Janeiro, com vitória de Filipinho. A etapa no Rio registrou crescimento de 80% de público em relação à etapa brasileira do ano passado, com uma média de 30 mil pessoas por dia.
A Oi e o Esporte
A Oi tem longo histórico de apoio ao esporte, com patrocínios a grandes eventos, equipes e atletas de diferentes modalidades, como vôlei, basquete, judô, golfe, atletismo, futebol, surfe, badminton e skate. A companhia tem grande expertise no apoio ao esporte, seja com patrocínio ou com prestação de serviços de telecomunicações em grandes competições realizadas no país. A empresa acredita que o esporte ajuda a transformar pessoas e remete a um estilo de vida associado a atributos positivos como superação, motivação, trabalho em equipe e liderança, que estão inseridos no ambiente corporativo de grandes empresas. 
Entre os exemplos recentes, a Oi foi uma das patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo realizada no Brasil em 2014 e da Copa das Confederações em 2013. A companhia também apostou no basquete, patrocinando o NBA Global Games Rio 2014 e o torneio NBA 3X. Neste ano, a companhia já patrocinou os Jogos Cariocas de Verão e o Oi Bowl Jam de skate. 
Nos últimos anos, a Oi deu suporte a diversos jovens atletas e há 10 anos a companhia patrocina a equipe de judô da Sociedade de Ginástica Porto Alegre (Sogipa), contribuindo fundamentalmente para o desenvolvimento e a consolidação desse esporte no Brasil. A empresa possui outras iniciativas como o patrocínio ao torneio Intercolegial Oi Galera, que acontece em parceria com o jornal O Globo. A companhia ainda patrocinou por 10 anos o Vert Jam, principal evento de skate vertical do país, e foi patrocinadora oficial dos Jogos Pan-Americanos de 2007. 
Por meio de seu instituto de responsabilidade social, o Oi Futuro, a Oi realiza também parcerias com organizações não-governamentais para estimular a prática esportiva em comunidades de baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). O instituto incentiva projetos inseridos na Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte e, com isso, ajuda a formar os atletas brasileiros do futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário