quinta-feira, 23 de julho de 2015

Surf - SuperSurf 2015, Cearense Charlie Brown foi vice campeão

Fonte Redação Cearasurf
Charlie Brown - Foto Pedro Monteiro
O paulista Flavio Nakagima ganhou a etapa que marcou o retorno do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional e assumiu a liderança no ranking nacional. Mas o destaque da etapa foi o cearense Charlie Brown, que disputou a bateria final na Praia de Maresias, em São Sebastião-SP. Ele veio competindo desde a primeira bateria do campeonato, na quarta-feira (15), e foi o único surfista de outro estado a derrotar os paulistas no último dia.

- Estou muito feliz por ter feito essa final aqui em Maresias com o Flavio Nakagima, que, sem dúvidas, é um grande competidor e, assim como eu, vem correndo atrás do seu lugar ao sol -  disse Charlie Brown.

A última vítima, antes da decisão com Nakagima, foi o paulista Hizunomê Bettero, que dividiu o terceiro lugar no pódio com o local de São Sebastião, Thiago Camarão. 


- A torcida conta também no surfe. É como um estádio de futebol quando você joga no seu campo, com a torcida a favor. Então, só tenho que agradecer a todos que vieram da Praia Grande torcer por todos os atletas - disse o surfista de São Paulo, que suou a camisa para derrotar o cearense.
A grande final do primeiro SuperSurf, como é conhecido o Brasileiro de Surfe, começou às 13h15min deste domingo (19). Flavio Nakagima largou na frente com nota 7,33 em sua segunda onda. Mas Charlie Brown assumiu a ponta na metade da bateria com um aéreo reverse de frontside numa direita que valeu nota 7. Só que o paulista deu o troco na mesma moeda, numa esquerda, completando um aéreo para reassumir a liderança com nota 8.
Não demora muito e Nakagima consegue outra boa onda com várias manobras para arrancar 8,37 dos juízes e abrir uma grande vantagem sobre o cearense. O paulista ainda aumentou o seu placar para 17,30 pontos com a nota 8,93 da sua última onda, combinando um layback, jogando muita água com um aéreo na finalização.
Mas nada disso abalou o humor de Charlie Brown, que quer galgar resultados ainda maiores. E, quem sabe, conseguir liderar o ranking brasileiro.
- Eu só tenho que agradecer, primeiramente a Deus, e aos meus amigos, que vieram me acompanhando desde o início do campeonato. Eu tive uma semana maravilhosa e ofereço esse resultado aos meus familiares e todo mundo que encheu a praia hoje (domingo) aqui em Maresias. Eu consegui começar bem o ano aqui, estou focado e vou certamente continuar treinando forte para conquistar outros bons resultados como esse vice-campeonato.
Charlie Brown ficou, de fato, feliz pelo resultado, pois fez ótimas baterias durante toda a semana na Praia de Maresias. No último dia, ele derrotou dois paulistas, primeiro Deivid Silva que defendia a liderança do ranking brasileiro, em São Sebastião, e depois Hizunomê Bettero nas semifinais. Contra Deivid Silva, o cearense estabeleceu um novo recorde de 17,83 pontos para o SuperSurf 2015, com a nota 9,5 da sua melhor onda surfada na Praia de Maresias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário