segunda-feira, 27 de junho de 2016

Surf - Puerto Escondido Challenge, "Twiggy" Baker Doma as Morras

Fonte Waves
Grant Baker feliz pela performance no Puerto Escondido Challenge, México. Foto: © WSL / Heff.
"Twiggy" Baker fatura o Puerto Escondido Challenge; Calado é terceiro, seguido por Burle.
Campeão mundial do BWT 2013/14, Twiggy teve um desempenho impressionante durante todo o evento. "Ontem estava muito difícil lá fora e não fiz um grande bateria", analisa Baker. "Quando acordei nesta manhã vi que era o meu tamanho favorito para Puerto, então fiquei feliz".O sul-africano Grant "Twiggy" Baker faturou o título do Puerto Escondido Challenge neste sábado (25/06) em ondas monstruosas, na casa dos 8 metros de face, que quebraram no icônico beach break em Zicatela, México. Para vencer, ele superou 24 dos maiores surfistas de ondas grandes do mundo, em condições enormes e difíceis. A prova é válida como primeira etapa do Big Wave Tour.
O sul-africano apresentou performances técnicas e precisas durante todo a final na “Pipe Mexicana”. Ele dominou a dianteira do início ao fim na decisão e soube domar as morras do beach break, mas foi sua segunda onda, um 10 impecável, que lhe garantiu o caneco.
“Venho aqui há 20 anos e adoro isso", comemora Baker. "As ondas são incríveis e eu quero agradecer a todos os locais por serem tão hospitaleiro e fazer com a gente se sinta bem-vindos. Para minha esposa e meu bebê em casa, este é para vocês”, finalizou. 
Baker entrou no evento como wildcard, mas graças à sua performance vencedora, ele assume a liderança do ranking do BWT 2016/17.
O norte-americano Greg Long (EUA), duas vezes campeão mundial do BWT, terminou em segundo lugar no evento. "Estou feliz com o meu resultado aqui em Puerto Escondido", disse Long. "Tinha algumas ondas muito divertidas e tive que trabalhar duro lá fora, mas valeu a pena. Eu tenho um lugar especial no meu coração para Puerto Escondido. Vim aqui pela primeira vez quando tinha 17 anos de idade e hoje tenho 33. Este evento foi espetacular por tudo. Foi um dos melhores dias que eu já surfei".
Video da Final


Brasileiros - Pedro Calado teve ótimas performances durante todo o evento e terminou em terceiro colocado. O jovem brasileiro de apenas 20 anos de idade foi destemido como sempre e desde sua adolescência já era tido como uma das grandes promessa do surf em ondas gigantes.

O campeão mundial do BWT 2009/10, Carlos Burle dropou três morras na decisão, somando 16.87 na bateria e encerrou na quarta colocação. 

O local de Long Beach, Nova York, Will Skudin, representou muitíssimo bem a Costa Leste norte-americana durante todo o desafio e terminou em quinto, seguido do vice-campeão do BWT 2014/15, Makuakai Rothman que, após se lançar em um belo tubo e vê-lo se fechar à sua frente, acabou acidentado. Com a vaca, o havaiano sofreu uma lesão e não teve condições de voltar para o mar.
"Eu só quero pedir desculpas por não ser capaz de dar o show para todas as pessoas que assistem em casa", lamentou Rothman. "Eu fiz o meu melhor e estava tentando representar Havaí. Obrigado a todos os fãs que tornam isto possível para nós e nos permitem viver nossos sonhos".

Resultado final Puerto Escondido Challenge

1 Grant Baker (ZAF)
2 Greg Long (EUA)
3 Pedro Calado (BRA)
4 Carlos Burle (BRA)
5 Will Skudin (USA)
6 Makuakai Rothman (HAW)


Nenhum comentário:

Postar um comentário