quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Surf - Bruninho Vence Triagem em Teahupoo

Por Fabio Madarei
Foto WSL
Vencedor em 2008, o brasileiro Bruno Santos, da equipe Rip Curl, mostrou novamente que está “em casa” quando se fala em Teahupoo, no Taiti. Com indiscutível talento, ele foi o vencedor das triagens para a sétima etapa do Samsung Galaxy Championship Tour, que começa na sexta-feira (19) na desafiadora onda, sendo o 11º surfista do time brasileiro. “É uma onda especial para mim. Já tive grandes resultados aqui e venho sempre confiante”, disse Bruninho.

“É sempre um prazer voltar para cá. Para competir. É um lugar mágico, me sinto em casa. É a minha onda preferida”, comemorou o surfista, dedicando a primeira vitória das triagens ao saudoso amigo Ricardinho dos Santos. “Mais uma para você”, referiu-se.
Ele contou que estava triste por não ter conseguindo bom resultado esse mês no Rip Curl Cup Padang Padang e voltou todo o seu foco e energia para garantir novamente a vaga. “Então vim um pouco antes, treinei e já estava treinado na Indonésia. É uma triagem superdifícil, com os 16 melhores locais e os 16 melhores especialistas do Mundo nesse tipo de onda. E ter mais uma oportunidade de tentar a vitória vai ser alucinante”, confessou.
Esta é a quinta vez que o surfista de Niterói compete no evento principal do WCT em Teahupoo. No ano passado, teve uma grande atuação, terminando em nono lugar. “Estava fazendo uma boa campanha. Tinha tirado o Adriano de Souza, que estava liderando o Circuito (e depois seria campeão mundial) e fiz uma bateria alucinante contra o Gabriel Medina e o Italo Ferreira, que quase me colocou nas quartas. Mas o Gabriel conseguiu reverter o resultado”, lembrou.
“Eu vejo como mais uma chance de tentar repetir o feito de 2008. Sei que não é fácil, mas é a quinta vez que participo. Acho que nem mesmo os taitianos, que não fizeram parte do WCT, competiram tantas vezes do evento principal. Estou muito amarradão”, destacou. “Já tenho seis troféus daqui. Dois terceiros nas triagens, dois segundos, agora esse primeiro e o da vitória do evento principal em 2008. A coleção está ficando grande em casa e espero aumentar”, anunciou.
Sabendo da chance de novamente enfrentar brasileiros, Bruninho é enfático e ressalta a situação contra Adriano no ano passado. “Vou entrar para ganhar. Não tem essa de aliviar. Para mim é a única etapa do ano. Independente do adversário, vou entrar na água para dar o meu melhor”, avisa o surfista, que junto com a Rip Curl tem os patrocínios de Joca Seco, Cerveja Noi, Puro Suco e Crossfit Niterói.
Quem também vai disputar a prova é Hira Teriinatoofa, melhor taitiano na triagem. O local foi eliminado nas quartas de final.
ROUND 1 BILLABONG PRO TAHITI 2016
1 Jordy Smith (AFR), Dusty Payne (HAV) e Ryan Callinan (AUS)
2 Italo Ferreira (BRA), Kanoa Igarashi (EUA) e Keanu Asing (HAV)
3 Adriano de Souza (BRA), Miguel Pupo (BRA) e Kai Otton (AUS)
4 Gabriel Medina (BRA), Conner Coffin (EUA) e Alex Ribeiro (BRA)
5 John John Florence (HAV), Davey Cathels (AUS) e trialista
6 Matt Wilkinson (AUS), Stuart Kennedy (AUS) e trialista
7 Michel Bourez (PLF), Kelly Slater (EUA) e Matt Banting (AUS)
8 Julian Wilson (AUS), Nat Young (EUA) e Jeremy Flores (FRA)
9 Sebastian Zietz (HAV), Josh Kerr (AUS) e Jadson André (BRA)
10 Adrian Buchan (AUS), Joel Parkinson (AUS) e Alejo Muniz (BRA)
11 Caio Ibelli (BRA), Kolohe Andino (EUA) e Jack Freestone (AUS)
12 Filipe Toledo (BRA), Wiggolly Dantas (BRA) e Adam Melling (AUS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário