terça-feira, 28 de março de 2017

Stand up Paddle - Primeiros passos para começar no Stand up Paddle

Fonte OPovo_
Fotos - Camila de Almeida_
Para aproveitar os fins de semana ao sol, o Stand up Paddle (SUP) é uma boa pedida. Para não chegar em um dos pontos de prática do esporte em Fortaleza sem saber por onde começar, as Revistas O POVO prepararam uma lista de dicas que vão ajudar os iniciantes a se sentirem mais à vontade.
 Primeiros passos
1. Colete salva-vidas é fundamental para praticar a atividade, no período em que estiver tentando um equilíbrio, é normal que o aluno, que não tenha muita prática, caia algumas vezes. Os coletes usados no exercício são mais finos e leves, próprios para a prática do SUP.
2. Postura. O Stand up Paddle exige uma boa postura por parte do participante, isso ajuda no bom desempenho da atividade. A postura correta faz com que o participante não consiga um bom equilíbrio, consequentemente, prejudicando a musculatura e ligamentos das articulações.
3. De olho nas marés é recomendado que o SUP seja praticado na maré baixa e pouco vento. O vento forte pode atrapalhar, principalmente os iniciantes.
4. Não reme cansado. Você poderá permacer várias horas remando, mas, no início, recomenda-se que nos primeiros sinais de cansaço pare imediatamente de remar. Isso pode ser feito na própria prancha, permitindo que você recupere o fôlego.
5. Aprenda técnicas de queda. Ao cair da prancha procure não afundar muito, você pode estar em um local raso e acabar se lesionando.
Benefícios à saúde
A prática do exercício não possui restrição de peso ou altura. A partir dos dez anos de idade já é possível subir na prancha. O esporte pode ser indicado, inclusive, para uso terapêutico de doenças mórbidas e reabilitação de pessoas, já que trabalha com a respiração e equilíbrio.

O SUP é para que você tenha um momento de harmonia com a natureza, seja sozinho ou acompanhado. Segundo Alexandre Nogueira, presidente da Associação de Stand Up Paddle do Ceará (Asupce), além de ficar com um bom preparo físico, já que a prática do esporte concentra vários grupos musculares, o SUP atua no sistema nervoso e no sistema prospectivo, incluindo ativação de ligamentos, postura, coordenação motora e possibilidade de perda de peso. "Na medida em que os músculos do corpo são trabalhados, a perda de peso é inerente ao esporte. Em uma hora de atividade, o praticante chega a perder 600 calorias. Como se não bastasse, o contato com a natureza contribui para o relaxamento, combate o estresse e garante mais saúde mental de uma forma geral", explica Alexandre.
SUP no Ceará 
O esporte surgiu na década de 1960 por um grupo de surfistas das Ilhas Havaianas, e os Beach Boys de Waikiki deram origem ao termo Beach Boy Surf. No Brasil, o esporte chegou por dois surfistas do Estado do Rio de Janeiro, Jorge Pancelli e Haroldo Ambrósio. Logo, a prática se espalhou pelo País e conquistou adeptos por cidades do Rio de Janeiro, litoral paulista e lagos de Brasília. Para o educador físico Delano Pinheiro, a falta de divulgação e conhecimento sobre o SUP fazem com que ainda sejam poucos os adeptos ao esporte no Ceará. "As pessoas não têm que ter nenhum bloqueio, mesmo não sendo [o esporte] tão divulgado. O nosso desejo é que se popularize cada vez mais", contou. 

Serviço:
Onde praticar
Ceará Sup Club
Onde: avenida Beira Mar, 3958 - Mucuripe
Telefone: (85) 99802 2230/98820 8212

Colosso Lake Lounge
Onde: rua Hermenegildo Sá Cavalcante, s/n -  Edson Queiroz
Telefone: (85) 98160 0088

Nenhum comentário:

Postar um comentário