sexta-feira, 28 de julho de 2017

Surf - Huanchaco Repalsa Longboard Pro começa sexta-feira no Peru

João Carvalho – WSL South America Media Manager_
Piccolo Clemente (PER) (Susu Nasser).
O Huanchaco Repalsa Longboard Pro apresentado pela Motorola no Peru, vai definir os campeões sul-americanos da temporada 2017 da WSL South America nesta sexta-feira e sábado em Trujillo, no litoral norte do país andino. Os 28 concorrentes ao título masculino e as dez participantes da categoria feminina, já estão escalados para estrear nas ondas de El Elio, no balneário de Huanchaco. A primeira chamada da sexta-feira será às 8h00 no Peru, 10h00 no fuso horário de Brasília, e o evento será transmitido ao vivo pelo worldsurfleague.com
A disputa pelo título masculino vai reunir competidores de sete países. A maioria é do Peru e do Brasil, com dez representantes cada. A Argentina, Uruguai e Venezuela, participam com dois longboarders e a Costa Rica e Equador com um. Entre as concorrentes ao troféu de campeã sul-americana, cinco são do Brasil e três do Peru. Duas norte-americanas também se inscreveram para brigar pela premiação, mas não pontuam no ranking da WSL South America.
Se a comissão técnica decidir iniciar a sétima edição do Huanchaco Repalsa Longboard Pro pela categoria masculina, o atual campeão mundial, Phil Rajzman, vai abrir a competição. Ele é o cabeça de chave número 1 e foi escalado na primeira bateria, junto com o também brasileiro Alexandre Escobar e o costa-ricense Anthonny Flores. Já o também bicampeão mundial Piccolo Clemente, que já venceu esse campeonato três vezes em incríveis cinco finais disputadas em casa, está na quinta bateria. Seus primeiros adversários serão o também peruano Juan Jose Corzo e o uruguaio Ignacio Pignataro.
Caso o Huanchaco Repalsa Longboard Pro comece pela categoria feminina, a atual líder do ranking mundial da World Surf League, Chloé Calmon, fará a sua estreia na etapa peruana do Longboard Qualifying Series (LQS) na primeira bateria da sexta-feira. Será um confronto 100% brasileiro com Isabela Panza e Monique Pontes. Já a pernambucana Atalanta Batista, bicampeã sul-americana de 2014 e 2015 nas duas últimas edições do Mundial de Huanchaco, fará sua primeira defesa do título na quarta e última bateria, contra a norte-americana Kaitlin Maguire e a peruana Ana Camila Kaspar.
O Huanchaco Repalsa Longboard Pro é um dos campeonatos mais tradicionais do mundo na modalidade praticada em pranchões, como nos primórdios do surfe. A primeira edição aconteceu em 2010 e só não foi realizado no ano passado. O primeiro campeão foi o brasileiro Rodrigo Sphaier, batendo Piccolo Clemente na bateria final. O peruano festejou seu primeiro título sul-americano em 2011, mas no ano seguinte perdeu de novo, para Jeferson da Silva.

Em 2013, a decisão foi brasileira e Rodrigo Sphaier se tornou o primeiro bicampeão sul-americano da WSL South America com duas vitórias no Huanchaco Repalsa Longboard Pro. A grande final foi contra Phil Rajzman, que em 2014 voltou a ser derrotado por Piccolo Clemente. O peruano igualou o feito de Rodrigo Sphaier e em 2015 conquistou o inédito tricampeonato sul-americano derrotando Augusto Olinto na bateria final. As meninas só competiram nestes dois últimos anos e a brasileira Atalanta Batista ganhou as duas.
QUINTA-FEIRA – Com a organização do Huanchaco Repalsa Longboard Pro confirmando o início do evento para a sexta-feira, os competidores ganharam mais um dia livre para treinar nas longas esquerdas de El Elio. Na quinta-feira, a principal atividade do evento é a coletiva de imprensa com alguns destaques da etapa peruana, como os bicampeões mundiais Piccolo Clemente e Phil Rajzman, a bicampeã sul-americana Atalanta Batista e a vice-campeã Maria Fernanda Reyes, além dos promotores e patrocinadores do campeonato.
Motorola apresenta Huanchaco Repalsa Longboard Pro - Copa Gerdau SiderPeru Pacasmayo -  é organizado pelo Clube Deportivo Olas Norte com patrocínio da Caja Trujillo e Cerveja Corona e a decisão dos títulos sul-americanos da WSL South America será transmitida ao vivo pelo www.worldsurfleague.com a partir desta sexta-feira.  
SOBRE A WORLD SURF LEAGUE - A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.
A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.
Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Grant Baker, Phil Rajzman, Tory Gilkerson, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.
Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com
-----------------------------------------------------------
João Carvalho – WSL South America Media Manager
(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com
-----------------------------------------------------------
PRIMEIRA FASE DO HUANCHACO REPALSA LONGBOARD PRO:
CATEGORIA MASCULINA – 3.o=17.o lugar com 200 pontos e 4.o=25.o lugar com 185 pontos:
1.a: Phil Rajzman (BRA), Alexandre Escobar (BRA), Anthonny Flores (CRI)
2.a: Wenderson Biludo (BRA), Paulo Giachetti (BRA), Vilao Isidro (EQU), Belko Suarez (VNZ)
3.a: William Saldaña Diaz (PER), Surfiel Gil (ARG), Patrick Ribeiro (BRA), Ronald Reyes (PER)
4.a: Jefson Silva (BRA), Daniel Gil (ARG), Isaac Becerra Horna (PER)
5.a: Piccolo Clemente (PER), Juan Jose Corzo (PER), Ignacio Pignataro (URU)
6.a: Carlos Bahia (BRA), Jorge Vilchez (PER), Rivas Carlos (VNZ), Tamil Martino (PER)
7.a: Robledo Oliveira (BRA), Anderson da Silva (PER), Gabriel Nascimento (BRA), Dino Perez (PER)
8.a: Lucas Garrido Lecca (PER), Julian Schweizer (URU), Alex Leco Salazar (BRA)
CATEGORIA FEMININA – 3.a=9.o lugar com 300 pontos e 4.a=13.o lugar com 280 pontos:
1.a: Chloé Calmon (BRA), Isabela Panza (BRA), Monique Pontes (BRA)
2.a: Carolina Thun (PER), Marina Carbonell (BRA)
3.a: Maria Fernanda Reyes (PER), Aine Dwyer (EUA)
4.a: Atalanta Batista (BRA), Kaitlin Maguire (EUA), Ana Camila Kaspar (PER)
CAMPEÕES DA HISTÓRIA DO HUANCHACO LONGBOARD PRO:
2015: Atalanta Batista (BRA) e Piccolo Clemente (PER) derrotando Augusto Olinto (BRA)
2014: Atalanta Batista (BRA) e Piccolo Clemente (PER) derrotando Phil Rajzman (BRA)
2013: Rodrigo Sphaier (BRA) derrotou Phil Rajzman (BRA) na final
2012: Jeferson da Silva (BRA) derrotou Piccolo Clemente (PER)
2011: Piccolo Clemente (PER) derrotou Danilo Rodrigo (BRA)
2010: Rodrigo Sphaier (BRA) derrotou Piccolo Clemente (PER)
CAMPEÕES SUL-AMERICANOS DE LONGBOARD PROFISSIONAL:
2015 - Piccolo Clemente (PER) e Atalanta Batista (BRA-PE)
2014 - Piccolo Clemente (PER) e Atalanta Batista (BRA-PE)
2013 - Rodrigo Sphaier (BRA-RJ)
2012 - Jeferson da Silva (BRA-RJ)
2011 - Piccolo Clemente (PER)
2010 - Rodrigo Sphaier (BRA-RJ)
2009 - André Luiz Deca (BRA-RJ)


Nenhum comentário:

Postar um comentário