sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Surf - Brasileiros são maioria entre os 24 melhores no QS 6000 de Pantin na Espanha

João Carvalho – WSL South America Media Manager_
Jessé Mendes (SP) (@WSL / Masurel).
Os brasileiros seguem firmes na busca por mais uma vitória nas etapas mais importantes do WSL Qualifying Series esse ano. Eles decidiram os títulos em todas até agora e ganharam as três com status QS 6000, como a que está acontecendo nessa semana na Espanha, com Yago Dora vencendo a primeira e Jessé Mendes as outras duas. Na quinta-feira, eles e mais sete brasileiros conquistaram a maioria das 24 vagas para a quarta fase do Pull&Bear Pantin Classic Galícia Pro nas esquerdas da Playa de Pantin. Eles vão disputar classificação para as oitavas de final do QS 6000 da Espanha, junto com o peruano Miguel Tudela e o uruguaio Marco Giorgi reforçando a participação sul-americana, contra quatro australianos, três norte-americanos, três havaianos, três franceses e nenhum espanhol.
O último foi barrado na bateria que fechou a quinta-feira, com o brasileiro Flavio Nakagima superando o experiente Aritz Aranburu no confronto vencido pelo defensor do título do Pantin Classic, o norte-americano Kanoa Igarashi. Nakagima tinha começado bem com nota 8,33 e ainda somou um 7,87 para ganhar a última vaga do dia por 16,20 a 13,97 pontos. Já Kanoa Igarashi arrebentou nas esquerdas de Pantin e fez três ondas no critério excelente dos juízes para totalizar 17,77 pontos. Foi o maior placar da terceira e última rodada de confrontos formados por quatro competidores.
Agora serão três disputando duas vagas para as oitavas de final, quando os duelos passam a ser homem a homem, sistema que prossegue até a decisão do título. São tantos brasileiros que eles acabarão se enfrentando, como vem acontecendo desde os primeiros dias. Na quinta-feira, aconteceram duas baterias com três brasileiros contra um australiano, que acabou tirando dois deles. Foi assim na segunda da quarta fase, com dois catarinenses que estão entre os dez primeiros do ranking que se classificam para a elite dos top-34 da World Surf League. O sétimo colocado, Yago Dora, venceu, porém o número 6, Willian Cardoso, acabou eliminado pelo australiano Reef Heazlewood, junto com o carioca Lucas Silveira.
Com a classificação, Yago já tirou a sexta posição de Willian no WSL Qualifying Series e vai disputar as duas primeiras vagas para as oitavas de final num confronto sul-americano com o cearense Michael Rodrigues e o uruguaio Marco Giorgi. O número 1 do ranking e já garantido no CT 2018, Jessé Mendes, entra na terceira bateria com o norte-americano Evan Geiselman e o australiano Ryan Callinan. E na sequência, o peruano Miguel Tudela enfrenta mais dois brasileiros, o paulista Alex Ribeiro e o capixaba Rafael Teixeira.
Depois, tem o paranaense Peterson Crisanto abrindo a chave de baixo, que vai apontar o segundo finalista do QS 6000 Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro, contra os franceses Jorgann Couzinet e Andy Criere na quinta bateria. Na sexta, está o quarto colocado do ranking, o catarinense Tomas Hermes, junto com o paulista Thiago Guimarães e o australiano Josh Kerr, que completou um aéreo incrível numa onda que valeu a maior nota do campeonato – 9,93.
Quem chegou perto desse recorde foi o jovem brasileiro Weslley Dantas, que acertou um “alley-oop” enorme que valeu nota 9,27. Foi na bateria do Tomas Hermes, que achou boas ondas para mostrar o seu repertório de manobras para somar duas notas na casa dos 7 pontos e superar o dono da maior nota por 14,90 a 14,44. Os dois estavam se classificando, mas no final o francês Jorgann Couzinet arriscou tudo na sua última onda e ganhou 8,50. Com essa nota, pulou do terceiro para o primeiro lugar e eliminou Weslley Dantas, junto com o australiano Dean Bowen.
VAGAS NO G-10 – Fechando a participação brasileira na quarta fase, o paulista Flavio Nakagima disputa a penúltima classificatória para as oitavas de final com dois concorrentes diretos por vagas no G-10 do QS, o havaiano Keanu Asing e o californiano Nat Young. Keanu é o oitavo colocado no ranking e os que estão logo abaixo dele já perderam, o americano Patrick Gudauskas (nono), o japonês Hiroto Ohhara (décimo) e o neozelandês Ricardo Christie (11.o). Nat Young está em 13.o lugar e os brasileiros mais próximos da zona de classificação para o CT são Alex Ribeiro em 16.o e Flavio Nakagima em 21.o, já que o catarinense Alejo Muniz em 18.o ficou na quinta-feira.
No momento, quatro brasileiros estão no G-10, o líder Jessé Mendes, Tomas Hermes em quarto lugar, Yago Dora agora em sexto e Willian Cardoso em sétimo. Os quatro que decidiram os títulos das cinco etapas mais importantes do WSL Qualifying Series esse ano. O primeiro QS 6000 já terminou com uma final brasileira e Yago Dora foi o campeão derrotando Jessé Mendes, que ganhou as outras duas com o mesmo status, a segunda consecutiva na Austrália e a do Japão. Já Willian Cardoso e Tomas Hermes foram vice-campeões nos dois únicos QS 10000 do ano. Willian perdeu para o atual líder da corrida do título mundial, Jordy Smith, em Ballito, na África do Sul. E Tomas para o também surfista local, Kanoa Igarashi, no US Open of Surfing em Huntington Beach.

QS 6000 FEMININO – O Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro também está promovendo uma etapa feminina do QS 6000 nessa semana na Espanha. As meninas só competiram no primeiro dia e quatro surfistas da América do Sul passaram pela primeira fase, a brasileira atual campeã sul-americana da WSL South America, Nathalie Martins, as peruanas Anali Gomez e Melanie Giunta e a argentina Josefina Ane. Outras duas estão entre as cabeças de chave que vão estrear na segunda fase, a equatoriana Dominic Barona e a brasileira Silvana Lima, da elite do CT e campeã do ranking do QS no ano passado.  
As duas competições estão sendo transmitidas ao vivo da Espanha pelo www.worldsurfleague.com
SOBRE A WORLD SURF LEAGUE - A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.
A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.
Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Grant Baker, Phil Rajzman, Tory Gilkerson, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.
Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com
----------------------------------------------------------------
João Carvalho – WSL South America Media Manager
(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com
----------------------------------------------------------------
QUARTA FASE DO QS 6000 PULL&BEAR PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:
---------1.o e 2.o=Oitavas de Final e 3.o=17.o lugar com 1.050 pontos e US$ 2.000 de prêmio:
1.a: Yago Dora (BRA)Michael Rodrigues (BRA)Marco Giorgi (URU)
2.a: Wade Carmichael (AUS), Marc Lacomare (FRA), Reef Heazlewood (AUS)
3.a: Jessé Mendes (BRA), Evan Geiselman (EUA), Ryan Callinan (AUS)
4.a: Alex Ribeiro (BRA)Rafael Teixeira (BRA)Miguel Tudela (PER)
5.a: Jorgann Couzinet (FRA), Peterson Crisanto (BRA), Andy Criere (FRA)
6.a: Josh Kerr (AUS), Tomas Hermes (BRA)Thiago Guimarães (BRA)
7.a: Nat Young (EUA), Keanu Asing (HAV), Flavio Nakagima (BRA)
8.a: Kanoa Igarashi (EUA), Kiron Jabour (HAV), Imaikalani Devault (HAV)
RESULTADOS DOS SUL-AMERICANOS NO QS 6000 DA ESPANHA:
TERCEIRA FASE – 3.o=25.o lugar (US$ 1.300 e 700 pts) e 4.o=37.o lugar (US$ 1.200 e 650 pts):
1.a: 1-Marco Giorgi (URU), 2-Marc Lacomare (FRA), 3-Nomme Mignot (FRA), 4-Ian Gouveia (BRA)
2.a: 1-Yago Dora (BRA), 2-Reef Heazlewood (AUS), 3-Lucas Silveira (BRA)4-Willian Cardoso (BRA)
3.a: 1-Wade Carmichael (AUS), 2-Michael Rodrigues (BRA)3-Gabriel André (BRA), 4-Brett Simpson (EUA)
4.a: 1-Jessé Mendes (BRA)2-Miguel Tudela (PER), 3-Ricardo Christie (NZL), 4-Gony Zubizarreta (ESP)
5.a: 1-Evan Geiselman (EUA), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-Soli Bailey (AUS), 4-Deivid Silva (BRA)
6.a: 1-Alex Ribeiro (BRA), 2-Ryan Callinan (AUS), 3-Jean da Silva (BRA)4-Miguel Pupo (BRA)
7.a: 1-Peterson Crisanto (BRA)2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Jared Hickel (AUS), 4-Dion Atkinson (AUS)
8.a: 1-Jorgann Couzinet (FRA), 2-Tomas Hermes (BRA), 3-Weslley Dantas (BRA), 4-Dean Bowen (AUS)
11.a: 1-Keanu Asing (HAV), 2-Kiron Jabour (HAV), 3-Leandro Usuna (ARG), 4-Griffin Colapinto (EUA)
12.a: 1-Kanoa Igarashi (EUA), 2-Flavio Nakagima (BRA), 3-Aritz Aranburu (ESP) 4-Kilian Garland (EUA)
SEGUNDA FASE – 3.o=49.o lugar (US$ 550 e 400 pts) e 4.o=73.o lugar (US$ 450 e 370 pts):
---------13.a bateria abriu a quinta-feira:
13: 1-Peterson Crisanto (BRA), 2-Dean Bowen (AUS), 3-Leonardo Fioravanti (ITA), 4-Hiroto Arai (JPN)
15: 1-Weslley Dantas (BRA)2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Patrick Gudauskas (EUA), 4-Tanner Gudauskas (EUA)
16: 1-Tomas Hermes (BRA), 2-Dion Atkinson (AUS), 3-Seth Moniz (HAV), 4-Davey Cathels (AUS)
17: 1-Charles Martin (GLP), 2-Ethan Ewing (AUS), 3-Bino Lopes (BRA), 4-Jacob Willcox (AUS)
21: 1-Griffin Colapinto (EUA), 2-Kilian Garland (EUA), 3-Heitor Alves (BRA), 4-Cam Richards (EUA)
23: 1-Flavio Nakagima (BRA), 2-Kiron Jabour (HAV), 3-Alejo Muniz (BRA), 4-Kei Kobayashi (EUA)
24: 1-Kanoa Igarashi (EUA), 2-Leandro Usuna (ARG), 3-Jonathan Gonzalez (CNY), 4-Luel Felipe (BRA)
---------resultados da quarta-feira:
1.a: 1-Ian Gouveia (BRA), 2-Reef Heazlewood (AUS), 3-Daiki Tanaka (JPN), 4-Luis Diaz (CNY)
2.a: 1-Nomme Mignot (FRA), 2-Lucas Silveira (BRA), 3-Carlos Munoz (CRI), 4-Vasco Ribeiro (PRT)
3.a: 1-Yago Dora (BRA), 2-Marc Lacomare (FRA), 3-Thiago Camarão (BRA), 4-Parker Coffin (EUA)
4.a: 1-Willian Cardoso (BRA), 2-Marco Giorgi (URU), 3-Lucca Mesinas (PER), 4-Cristobal de Col (PER)
5.a: 1-Gabriel André (BRA), 2-Gony Zubizarreta (ESP), 3-Jadson André (BRA), 4-Vicente Romero (ESP)
6.a: 1-Wade Carmichael (AUS), 2-Miguel Tudela (PER), 3-Mikey Wright (AUS), 4-Mihimana Braye (TAH)
7.a: 1-Ricardo Christie (NZL), 2-Michael Rodrigues (BRA), 3-Pedro Henrique (PRT), 4-Jake Marshall (EUA)
8.a: 1-Jessé Mendes (BRA), 2-Brett Simpson (EUA), 3-Koa Smith (HAV), 4-Timothee Bisso (GLP)
9.a: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Ryan Callinan (AUS), 3-Michael February (AFR), 4-Jordy Collins (EUA)
10: 1-Evan Geiselman (EUA), 2-Jean da Silva (BRA), 3-Monty Tait (AUS), 4-Hiroto Ohhara (JPN)
11: 1-Alex Ribeiro (BRA), 2-Soli Bailey (AUS), 3-Joshua Burke (BRB), 4-Tristan Guilbaud (FRA)
12: 1-Miguel Pupo (BRA), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-Joaquin del Castillo (PER), Marco Fernandez (BRA)
PRIMEIRA FASE – 3.o=97.o lugar com 120 pontos e 4.o=121.o lugar com 75 pontos:
---------resultados da terça-feira:
1.a: 1-Reef Heazlewood (AUS), 2-Lucas Silveira (BRA), 3-Marcos Correa (BRA), 4-Luis Rodriguez (ESP)
3.a: 1-Parker Coffin (EUA), 2-Cristobal de Col (PER), 3-Adrien Toyon (FRA), 4-Skip McCullough (EUA)
4.a: 1-Lucca Mesinas (PER), 2-Thiago Camarão (BRA), 3-Shane Sykes (AFR), 4-Billy Stairmand (NZL)
5.a: 1-Vicente Romero (ESP), 2-Miguel Tudela (PER), 3-Nolan Rapoza (EUA), 4-Victor Mendes (BRA)
6.a: 1-Mihimana Braye (TAH), 2-Gabriel André (BRA), 3-Keijiro Nishi (JPN), 4-Kalani Ball (AUS)
7.a: 1-Pedro Henrique (PRT), 2-Brett Simpson (EUA), 3-Alonso Correa (PER), 4-Tomas Fernandes (PRT)
8.a: 1-Timothee Bisso (GLP), 2-Jake Marshall (EUA), 3-Alvaro Malpartida (PER), 4-Yuri Gonçalves (BRA)
---------resultados da quarta-feira:
9.a: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Monty Tait (AUS), 3-Dimitri Ouvre (FRA), 4-Mateia Hiquily (TAH)
10: 1-Jean da Silva (BRA), 2-Jordy Collins (EUA), 3-Dylan Goodale (HAV), 4-O´Neill Massin (TAH)
11: 1-Joshua Burke (BRB), 2-Joaquin del Castillo (PER), 3-Elijah Gates (HAV), 4-Lliam Mortensen (AUS)
12: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Tristan Guilbaud (FRA), 3-Kaito Ohashi (JPN), 4-Jeronimo Vargas (BRA)
13: 1-Dean Bowen (AUS), 2-Titouan Boyer (FRA), 3-Krystian Kymerson (BRA), 4-Takumi Nakamura (JPN)
14: 1-Jared Hickel (AUS), 2-Peterson Crisanto (BRA), 3-Wesley Leite (BRA), 4-Mateus Herdy (BRA)
15: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Dion Atkinson (AUS), 3-Samuel Pupo (BRA), 4-Matthew McGillivray (AFR)
16: 1-Seth Moniz (HAV), 2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Reo Inaba (JPN), 4-Cole Houshmand (EUA)
18: 1-Andy Criere (FRA), 2-Jacob Willcox (AUS), 3-Manuel Selman (CHL), 4-Makai McNamara (HAV)
19: 1-Jackson Baker (AUS), 2-Dylan Lightfoot (AFR), 3-Samuel Igo (BRA), 4-Maxime Huscenot (FRA)
21: 1-Cam Richards (EUA), 2-Gatien Delahaye (FRA), 3-Yagê Araujo (BRA), 4-Robson Santos (BRA)
23: 1-Kei Kobayashi (EUA), 2-Leandro Usuna (ARG), 3-Quinn Bruce (AUS), 4-Dusty Payne (HAV)
24: 1-Luel Felipe (BRA), 2-Kiron Jabour (HAV), 3-Michael Dunphy (EUA), 4-Richard Kidd (AFR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário